terça-feira, 29 de julho de 2014

PALESTRA ESPÍRITA COM MARIVAL VELOSO DE MATOS

CONVITE
Convidamos a todos os irmãos para uma palestra com 
Marival Veloso de Matos
Ex presidente da União Espírita Mineira
Será na CASA DE MADÔ, em Jales
Será neste domingo, dia 3 de agosto as 19h30
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP
Informações pelo fone: 17- 3621.2456 (Sônia) ou pelo e-mail: addavid1@gmail.com
SEJAM BEM VINDOS a nossa afetuosa casa

sábado, 26 de julho de 2014

VENHA CONHECER A PSICOLOGIA TRANSPESSOAL DE JOANNA DE ANGELIS


Aprenda um pouco mais sobre você 
e SEJA FELIZ!
aos sábados 9h
"O ESPÍRITO em FOCO"
na Casa de Madô
Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu-Jales,SP
Participe!


PALESTRA COM JAMIRO DOS SANTOS FILHO NO MARIA DOLORES

AMANHÃ, DOMINGO, dia 27 de Julho as 19:30H NO MARIA DOLORES, A CASA DE MADÔ, ESTAREMOS RECEBENDO NOSSO AMIGO E IRMÃO JAMIRO DOS SANTOS FILHO DE ARAGUARÍ-MG PARA UMA PALESTRA.
PARTICIPE CONOSCO
Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP

segunda-feira, 21 de julho de 2014

REFLEXÕES


A FORÇA DO CRISTO
           
Para quem O aprecie apenas com os olhos da crítica mordaz, Ele não poderia ser considerado como alguém que estivesse à altura de quem dizia ser.
Segundo dizem, não passou de um fracassado que não conseguiu a adesão de coragem e bravura nem mesmo dos Seus discípulos, pois que estes, em sua maioria, não estavam com Ele na hora derradeira, no suplício infame.
Não podemos deixar de entender que Ele escolheu homens simples, do povo, pescadores e trabalhadores das mais singelas profissões, conhecia as fibras fortes dos seus corações, da moralidade impar que mantinham os seus espíritos e desejou contar com eles, não para aquele momento, mas para que pudessem suportar sobre os ombros as tenras plantas do cristianismo nascente.
Assim foi, que eles, em sua maioria, doaram-se integralmente para que a árvore da vida não morresse e fosse transplantada de coração para coração até os nossos dias, guardando o perfume de suas flores e o sabor inigualável dos seus frutos que, somente aquele que se propõe colhe-los pode precisar e apreciar. Por isso encontramos tantos mártires ao longo dos séculos que se sucederam depois que Ele foi embora; ao se nutrirem da verdade semeada, nunca mais quiseram viver de outra maneira, tornando-se também semeadores das sementes do reino que, segundo Ele, estaria no coração do homem.
A força do Cristo não estava no poder que os homens daqueles tempos desejam, mas no amor, que deve viger no coração de todos. Eles queriam um rei para dominar e subjugar, para devolver o sossego às suas vidas atribuladas e insignificantes e Ele lhes deu, mas não souberam compreender. Quando dizia: “o reino de Deus está dentro de vós”, afirmava que cada pessoa para ser feliz, deixar de sofrer, prosperar deve permitir a construção desse reino no próprio coração. Somente amando, as injustiças sociais desaparecerão em toda a terra, as dores se acalmarão e os sofrimentos serão minimizados de tal forma que se deixará de ouvir tantos lamentos por todo o planeta, porque o homem desejará fazer o bem sem limites àqueles que, então, compreenderá como seus irmãos, e será incapaz de fazer o mal, porque estaria fazendo a uma alma querida pertencente a sua própria família, sendo toda a humanidade filha do mesmo Pai.
Como nos diz o poeta em belo canto: Ele veio, mãos vazias desarmadas, nem escudos nem espadas, só o amor por todos nós. A Sua ternura era irradiada a longínquas distâncias, todos podiam desfrutar da atmosfera benévola que ele espargia sobre todos, mesmo sem que não soubessem.
Se quisermos ser felizes, sigamo-lo e teremos a tão sonhada paz em nossos corações.
Autor: Adelvair David

quinta-feira, 3 de julho de 2014

REFLEXÕES


 O HOMEM DE BEM
O homem de bem é aquele que pratica a lei de justiça, de amor e caridade, na sua maior pureza.(1)
Há grande diferença entre ser e parecer.
A maioria da humanidade se contenta em parecer, sem qualquer preocupação com o ser. Nesta contínua caminhada rumo ao nada, seguem todos aqueles que assim acreditam ou querem fazer acreditar aqueles que o cercam, exercendo atividades incompatíveis com o seu nível de entendimento, maturidade ou capacidade.
Não raro estes que assim procedem são surpreendidos em momentos de provação sem qualquer condição de enfrentamento, experimentado torturas acerbas diante do que chamam reveses da sorte ou perseguição dos que não os compreendem. Façam o que fizerem, jamais serão aceitos pelos homens de bom senso que lhes identifica os maus propósitos.
Geralmente, o senso de justiça dos adeptos deste comportamento, não tem nada de digno. Perseguem, molestam e agridem direta ou indiretamente aqueles que temporariamente lhes estão abaixo, sem o menor amor nem mesmo àquilo que fazem, por pura manifestação do orgulho e da vaidade, desejando esconder de si mesmos através da grosseria, do despotismo e das ações menos nobres o péssimo conceito de possuem de si mesmos.
Uns se acreditam enviados especiais dos céus e se arvoram em salvadores das massas, sem se preocuparem com os reais problemas, colocando o seu interesse menor acima dos deveres e responsabilidades, comandando, dirigindo como se fossem permanecer eternamente onde estão. A vida é transitória, a existência na risca do tempo é apenas um piscar de olhos, tudo fica para trás, tudo se renova, deixando na insignificância todos os que se deixaram seduzir pela doentia personalidade dominadora.
As carências do homem o expõem a muitas fragilidades. As experiências mal sucedidas das vidas pretéritas se transferem para as atuais personalidades conturbadas, que precisam de destaque, e aí então, é que o homem nada possuindo necessita parecer, chafurdando-se mais ainda no lamaçal das suas torpezas, quando deveria buscar a renovação através da humildade e do bem servir, aceitando opiniões e admitindo o despreparo, para crescer verdadeiramente colaborar com os seus demais.
A verdadeira prática do bem em todos os níveis que se pode compreender, apenas será efetiva quando o sentimento de amor ao próximo vier antes dos interesses pessoais, visando a felicidade e a paz de todos, consequentemente angariando paz e realização para si mesmo.
Asseverou Jesus de Nazaré: “Todo aquele que se exaltar será rebaixado e todo aquele que se rebaixar será exaltado”.
SERVIR NÃO É MANDAR MAS SIM REALIAZAR COM A AJUDA DE TODOS.
(1)-Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XVII – item 3

Adelvair David