domingo, 15 de junho de 2014

REFLEXÕES

 
AMBIÇÃO E IDEALISMO
Dentre as muitas manifestações do homem, sem dúvida a ambição é das mais preocupantes.
Reza o dito popular que “quem não tem ambição não cresce na vida”, e que para se conquistar algo deve-se ir à luta. O problema é que o ambicioso leva isto ao pé da letra mesmo, atira-se na direção do seu desejo e vai atropelando tudo pela frente, geralmente sofre muito, pois transforma em neurose os seus anseios de crescimento, em muitos casos perde a sua ética e a sua moral até prejudicando se preciso for o seu semelhante para alcançar o seu intento.
O que se pode compreender disto é que a ambição é sempre perniciosa e o que o homem necessita mesmo é de idealismo, um rumo, um objetivo a alcançar. Se assim fizer, respeitará as etapas do seu crescimento sem se preocupar com o tempo em que concretizará os seus planos, fazendo o seu melhor, lembrando que nem tudo depende só dele. Respeitará também as pessoas e será incapaz de ser desonesto, desleal, não precisará utilizar-se da mentira, da artimanha para chegar ao longe.
O ambicioso, geralmente, vive mergulhado no lodo da mediocridade, não se dá conta de que aos poucos vai se transformando em alguém estranho, indesejado e passa a viver em um ambiente íntimo de profunda insatisfação. Mesmo que consiga o móvel das suas buscas e que cresça vivendo como quer, permanecerá angustiado e sem brilho, reflexo claro do que plantou na sua caminhada. Sentirá profunda solidão, porque a sua alegria não é legítima, tendo-a conquistado indevidamente. Diz o espírito Joanna de Angelis em sua obra de psicologia transpessoal: “Ninguém poderá ser feliz à custa das lágrimas alheias”.
O melhor para quem deseja crescer por fora e por dentro é ser idealista, buscar os valores nobres da verdadeira moral, principalmente aquela que nos ensinou o meigo Senhor: “ fazei aos homens tudo o que gostaríeis que eles vos fizessem”. Desta maneira o idealista não procura crescer sozinho, entendendo que o sucesso do egoísta é frio e cheio de tédio. O ambicioso deixa ao abandono o solo fértil da sua alma, onde poderia, ao mesmo tempo em que luta pelo seu crescimento na vida, plantar as sementes da solidariedade, da caridade, da bondade, da doçura, da afabilidade, da temperança em resumo, do verdadeiro amor.
As criaturas notáveis da humanidade, aquelas que o homem se recorda com respeito, quase nunca foram as das cabeças coroadas, mas sim aquelas que sem ter nada, construíram um império de esperança no coração de tantos quantos serviram com profundo desinteresse, posição esta que jamais deixaram por oferta alguma.
AMA, PARA QUE A AMBIÇÃO DIMINUA E O IDEAL DO BEM FLORESÇA.
Autor: Adelvair David:

quinta-feira, 12 de junho de 2014

ATENÇÃO JUVENTUDE !

VEM AÍ O 

21º

Encontro de Mocidades Espíritas da Região de Jales
AGENDE, SERÁ NO DIA 20 DE JULHO
sua participação é muito importante

em breve você poderá fazer sua inscrição e receberá mais detalhes

sábado, 7 de junho de 2014

RECORDANDO O CHICO

LINDOS CASOS DE CHICO XAVIER   
CASO 51 – INDISPENSÁVEL O Chico recebera um convite reiterado para assistir a uma solenidade que um Centro Espírita de determinado lugar, um pouco distante de Belo Horizonte, realizaria. A carta convite, assinada pelos diretores do Centro, contendo encômios à pessoa do médium, dizia que sua presença era indispensável... O Chico pensou muito naquele adjetivo, sentiu a preocupação dos irmãos distantes, ansiosos pela sua presença. Certamente iria realizar uma grande missão. E não relutou mais. Junto ao seu bondoso chefe, justificou sua ausência por dois dias, comprou passagem na Central do Brasil e partiu. No meio da viagem, quando já sonhava com a chegada, antes sentindo a alegria dos irmãos, Emmanuel lhe aparece e diz: — Então, você se julga indispensável e, por isto, rompeu todos os obstáculos e viaja assim como quem, por isto mesmo, vai realizar uma importante tarefa... Já refletiu, Chico, que o serviço do ganha pão é indispensável a você? Pense bem... O Chico pensou... E, na próxima estação, desceu do trem e tomou outro de volta... A lição foi compreendida. Seus irmãos de mais longe, com seu não comparecimento, compreenderam na também... 
Transcrito do livro “Lindos Casos de Chico Xavier” de Ramiro Gama. 

domingo, 1 de junho de 2014

REFLEXÕES


IMITADORES
“Dá conta da tua administração”
(Jesus)
As realizações de uma pessoa, em qualquer âmbito em que ela aconteça dão notícias das suas capacidades.
Cada ser humano veio a terra para dar cumprimento a um projeto próprio, que atenderá certamente às suas necessidades espirituais.
O problema é que as imperfeições expõem os transeuntes da estrada da vida a uma série de equívocos. Cada um reagirá de conformidade com o conteúdo espiritual que possua adquirido nas muitas experiências no corpo que antecederam a vida atual.
Um dos grandes enganos que pode acontecer com o viajante da vida é o de não entender para que veio ao mundo. Por conta dos seus defeitos, muito comuns neste mundo de provas e expiações onde vive, suas paixões o governam, tornando lento o seu progresso. A pessoa então abre mão das tarefas singelas que desenvolve para se aventurar “imitar” aqueles que julga lhe estarem acima, desejando absorver-lhes o brilho. Passa a vida copiando o que os outros fazem numa constante necessidade de se sentir destacado dos seus demais.
Esses são os “imitadores”, que desprovidos de humildade, não entendem que já estão no melhor que lugar onde poderiam estar. Para dar o passo seguinte, é preciso que se tenha concluído a tarefa que se está fazendo com zelo e dedicação, pois que, se assim não for, embora tenha caminhado muito, sentirá que não foi a lugar algum, porque deixou para trás o que verdadeiramente lhe daria plenitude.
Há muitos espíritos que renascem neste mundo abominando as posições que ocuparam no passado, para logo em seguida, embriagado pelas sensações que está acostumado voltar aos mesmos comportamentos que os fizeram perder, transferindo heranças dolorosas para o além-túmulo e para as vidas futuras.
Ninguém se sentirá melhor por estar aqui ou acolá, fazendo isto ou aquilo, mas sim, que onde estiver procure fazer o melhor.
REALIZA COM O CORAÇÃO COLOCANDO LIMITES ESTREITOS À AMBIÇÃO.

Autor:Adelvair David