quarta-feira, 29 de maio de 2013

PINTURA MEDIÚNICA NO GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES

ESTAREMOS RECEBENDO NA CASA DE MARIA DOLORES 
a médium de pintura mediúnica
VALDELICE SALUN
para uma seção de pintura que acontecerá no dia 7 de junho as 19h na sede do grupo à Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP.
PARTICIPE CONOSCO DESTE MOMENTO FELIZ.
Informações pelo e-mail: addavid@ig.com.br ou pelo fone 17- 9779.9195

REFLEXÕES


RAZÃO e SENSIBILIDADE
Existe grande conflito na aplicabilidade destes dois atributos humanos, a razão e a sensibilidade.

Em face das muitas necessidades do ser pensante que habita este globo a razão e a sensibilidade se completam, embora possam se desenvolver separadamente no tempo. O homem precisa ter uma razão mais sensível e uma sensibilidade mais racional, se não quiser transitar pela vida atrasando o seu progresso integral.

Determinou o criador que a sua criatura evolua, sem que esta possa se opor a isto. Para alcançar as nobres e simbólicas asas da angelitude deverá aprender a utilizar os mecanismos da razão e as qualidades do coração. Se, por acaso, resolver deixar uma de lado e prosseguir ignorando, tempo virá em que desejará conquistá-la para que a sua felicidade seja completa. Sem os subsídios da razão o homem não poderá discernir se está fazendo um bem propriamente ou um mal; muita vez a aparente necessidade sua ou do outro se apresenta mascarada por interesses menores e egoístas ou pelas lamúrias e falsas versões dos aproveitadores. Sem o sentimento poderá deixar de fazer o que realmente deve por não perceber a própria necessidade ou a do semelhante; somente o coração confere olhos de ternura, bondade, generosidade, solidariedade e compaixão.

Quando Jesus disse ao Doutor da Lei na parábola do “bom Samaritano”, vai tu e faze o mesmo, asseverou a importância de se permitir perceber com a razão as problemáticas da vida e a utilizar o coração para não ser indiferente a elas. Sensibilizado o coração fará fluir providências para amenizar os sofrimentos, consolar dores, alimentar o faminto, perdoar o agressor e muito mais, e a razão indicará quais as atitudes darão conta de tal empreitada.

Muitas pessoas acreditam que não devem se enveredar pelos caminhos da sensibilidade temendo tornarem-se frágeis; porém, acabam fragilizadas pela falta de amparo moral no momento dos embates da vida. O que é usual é que o homem apenas racional tenha menos resistências a enfrentamentos que lhe escapam ao controle, enquanto que as criaturas que possuem o tempero da razão e do sentimento conseguem transitar com mais segurança mesmo em terreno instável, por apresentarem mais confiança em si mesmas e em Deus; enquanto muitos tombam vencidos e até se auto destruindo, outros conseguem esperar dias melhores, agindo e lutando por sobreviver agora para a glória depois.

O IDEAL É CONHECER PARA DISCERNIR E AMAR PARA SER FELIZ.
Autor: Adelvair David 

quinta-feira, 23 de maio de 2013

FELICIDADE QUE A PRECE PROPORCIONA


Ficheiro:Santiago em Oração.jpg
Santiago em oração, Rembrandt, óleo sobre tela, 1661

Vinde, vós que desejais crer. Os Espíritos celestes acorrem a vos anunciar grandes coisas. Deus, meus filhos, abre os seus tesouros, para vos outorgar todos os benefícios.  Homens incrédulos! Se soubésseis quão grande bem faz a fé ao coração e como induz a alma ao arrependimento e à prece! A prece! Ah! Como são tocantes as palavras que saem da boca daquele que ora! A prece é o orvalho divino que aplaca o calor excessivo das paixões. Filha primogênita da fé, ela nos encaminha para a senda que conduz a Deus. No recolhimento e na solidão, estais com Deus. Para vós, já não há mistérios; eles se vos  desvendam. Apóstolos do pensamento, é para vós a vida. Vossa alma se  desprende da matéria e rola por esses mundos infinitos e etéreos, que os pobres humanos desconhecem.


Avançai, avançai pelas veredas da prece e ouvireis as vozes dos anjos. Que harmonia! Já não são o ruído confuso e os sons estrídulos da Terra; são as liras dos arcanjos; são as vozes brandas e suaves dos serafins, mais delicadas do que as brisas matinais, quando brincam na folhagem dos vossos bosques. Por entre que delícias não caminhareis! A vossa linguagem não poderá exprimir essa ventura, tão rápida entra ela por todos os vossos poros, tão vivo e refrigerante é o manancial  em que, orando, se bebe. Dulçurosas vozes, inebriantes perfumes, que a alma ouve e aspira, quando se lança a essas esferas desconhecidas e habitadas pela prece! Sem mescla de desejos carnais, são divinas todas as aspirações. Também vós, orai como o Cristo, levando a sua cruz ao Gólgota, ao Calvário. Carregai a vossa cruz e sentireis as doces emoções que lhe perpassavam n’alma, se bem que vergado ao peso de um madeiro infamante. Ele ia morrer, mas para viver a vida celestial na morada de seu Pai. – Santo Agostinho. (Paris, 1861.) - O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XXVII,  ITEM 23.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

VEJA A TV MADÔ ESPÍRITA

Acesse o link abaixo e veja na TV Madô Espírita nossos cursos e palestras.
O grupo Espírita Beneficente Maria Dolores é nosso Oásis de Luz, nosso cantinho do coração.
um grande beijo em todos
 do irmão menor David

sábado, 18 de maio de 2013

JANTAR BENEFICENTE NO MARIA DOLORES DE JALES-SP



CONVITE
Convidamos a todos para mais um jantar beneficente no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores de Jales,SP, a Casa de Madô
Será no dia 25 de maio de 2013, das 20h as 22 h
Cardápio: Pernil assado, Arroz branco, Farofa fria, Creme de milho, Salada colorida, Salada havaí e mais.
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP
adquira seu ingresso com os trabalhadores ou reserve por telefone ou e-mail e retire no local no horário do jantar.
informações: David - 17- 3632.5095 ou pelo e-mail: addavid@ig.com.br 
SEJAM TODOS BEM VINDOS
 você tem um lugar especial em nosso coração e, muito obrigado por nos auxiliar a auxiliar nossos irmãos.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

CINEMA NO MARIA DOLORES


O CINE MADÔ MOCIDADE/TRABALHADOR
apresenta
MADRE TERESA
uma vida dedicada ao amor como nos ensinou Jesus, como nos retratam os espíritos venerandos, como nos ensina a Doutrina Espírita.
quando nos perguntamos até onde pode ir a caridade...
os limites da bondade...
a luz em meio as trevas das necessidades humanas...
VENHA ASSISTIR CONOSCO
Será no dia 18 de maio as 20 horas, na sede do Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores
Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP.
informações: pelo e-mail: addavid@ig.com.br
 ou pelo fone: 3632.5095 (David)
Atividade interma e inteiramente gratuíta

quarta-feira, 15 de maio de 2013

O ESPIRITISMO E NÓS



“É indispensável manter o Espiritismo, qual foi entregue pelos Mensageiros Divinos a Allan Kardec, sem compromissos políticos, sem profissionalismo religiosos, sem personalismos deprimentes, sem pruridos de conquista a poderes terrestres transitórios”. Bezerra de menezes


Meus irmãos queridos.
Necessitamos muito manter o espiritismo como nos legou Allan Kardec e os espíritos venerandos. O personalismo tem feito perder grandes trabalhadores do bem que se enveredaram pelas vias das projeções pessoais através de livros, internet, jornais e outros meios, sendo vitimados por espíritos fascinadores ou espíritos não espíritas que os tomaram e os usam para denegrir nossa abençoada doutrina.
Irmãos queridos, necessário avaliarmos nossa conduta espírita; caso tenhamos perdido o caminho,  retomarmos a jornada de meros e simples servidores do evangelho é decisão acertada de quem necessita da doutrina espírita para a própria redenção.
Acautelemo-nos, pois os espíritos pseudo sábios buscam aqueles que, embora de boa vontade estão desprotegidos da razão e da real vivência na humildade. Quando não nos ajustamos aqui ou ali, embrenhamo-nos sem lucidez nas matas escuras das ilusões, acreditando dotados de missões especiais. Não passamos de tarefeiros comuns, com honrosas exceções que, são reconhecidas e não impostas; mesmo assim, também trabalham estes corações pela mesma melhoria e crescimento que todos os habitantes deste orbe. 
Pensemos a respeito, reflitamos, pois a hora é estranha e todos temos corações frágeis ante as seduções do mal.
Jesus nos ajude sempre.
Do servo menor em Jesus, Adelvair David.

domingo, 12 de maio de 2013

CONSCIÊNCIA, CONSELHEIRA DIVINA


CONSCIÊNCIA, CONSELHEIRA DIVINA
Quando do desenvolvimento do livre-arbítrio, surge no ser humano um dispositivo singelo que vai tomando forma à medida que a criatura avança no tempo evolutivo, é a consciência.
Sempre presente em todas as vivências humanas é companheira inseparável em todas as decisões, julgamentos e interpretações da vida.
Tem sido interpretada como intrusa por tantos quantos se sentem incomodados com a sua intromissão em momentos delicados do seu comportamento, principalmente o equivocado.
Podemos dizer que a consciência são as vozes celestes, a voz dos espíritos venerandos, a experiência espiritual de outros tempos, o amadurecimento já conquistado pelo espírito ao longo das eras que se foram. É o criador falando a sua criatura no momento das decisões, até mesmo nas minúcias da sua experiência de modo a orientá-lo ao que se deve ou não fazer. Sem ferir o livre arbítrio, Deus aciona a Sua conselheira para alcançar o homem e ampará-lo, não o deixando sem auxílio na sua caminhada. Na Sua bondade o criador apresenta sempre a boa proposta para o homem, que deve a seu turno, saber o que fazer por si mesmo, mas sempre embasado em um senso que lhe guie para que não se perca, aí então a  ação da consciência.
O que ocorre muitas vezes, é que movido pelas suas paixões a pessoa faz sua escolha na contramão do que a consciência lhe indica e acaba por se ferir material, moral e espiritualmente; também pode ocorrer que ao ouvir o senso interior que lhe diz que não deve prosseguir nesta ou naquela direção, tenha maior êxito na maioria das coisas que necessitar realizar. A palavra correta, o pensamento elevado, a atitude equilibrada, a escolha melhor, trarão muito mais conforto ao homem, mesmo nos grandes enfrentamentos que deva fazer.
Em qualquer circunstância é sempre prudente ouvir a consciência, a conselheira divina que, certamente, mesmo sem ser chamada, irá se manifestar dando sua opinião a respeito de todas as ações humanas. Se porventura ela for anestesiada pela ação das imperfeições e o homem desejar se guiar por estas, com certeza virá momento em que ela irá acordar e o enfrentamento acontecerá nos recessos da alma, em forma de doença no corpo ou emocionais, que possivelmente não cessarão até que a criatura consiga proceder a reparação ante ao ato menos digno praticado.
OUVIR A CONSCIÊNCIA É OUVIR O PRÓPRIO DEUS FALANDO AO CORAÇÃO DA SUA CRIATURA.
Autor: Adelvair David

domingo, 5 de maio de 2013

FELIZ ANIVERSÁRIO DIVALDO

DIVALDO
O nosso sentimento é de gratidão. As nossas emoções são de esperança. 
Gratidão pelos ensinamentos que a tua palavra inspirada e fidedigna nos possibilita,  permitindo que possamos beber na fonte fecunda do amor de Jesus através dos mensageiros que se utilizam da tua mente e dos teus lábios incansáveis. 
Emoções que se traduzem na tua fala límpida e nos faz acreditar em um tempo de mais amor e dedicação ao evangelho, para que jamais duvidemos que Ele, o Senhor, está no comando dos destinos de nossa querida mãe Terra, esta seara de oportunidades para todos. 
Muito obrigado cantor da paz, que os teus exemplos de dedicação e perseverança sejam para todos nós estímulos para prosseguirmos sem esmorecer, como assim é o teu proceder.
FELICIDADES em mais um ano, na grata satisfação de tê-lo encarnado junto aos nossos corações.
FELICIDADES e bençãos do Mestre Nazareno.