sexta-feira, 29 de março de 2013

PALESTRA ESPÍRITA

O Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores de Jales-SP, tem o imenso prazer de convidá-lo para uma palestra com 
ISMAEL BATISTA
Sua presença muito nos alegrará
Será no domingo próximo, dia 31 de março as 19h30min.
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales-SP.
A casa de Madô como é chamada tem um imenso coração para recebê-lo, fruto da afetividade dos seus trabalhadores.
SEJA BEM VINDO
Informações: David (addavid@ig.com.br) 

sexta-feira, 22 de março de 2013

MEDITANDO COM JOANNA DE ANGELIS


O autoconhecimento é necessidade urgente no processo de evolução e de felicidade do ser em trânsito na terra.
Segundo a veneranda benfeitora Joanna de Angelis, não existe fórmula mágica para este processo, há que haver uma tomada de consciência, aliada a um projeto de espiritualização da criatura.
Estudar a respeito é um meio de entender-se este processo.
Aqui, no Maria Dolores, todos os sábados de manhã conversamos, refletimos e meditamos visando facilitar o autoconhecimento, baseados nas obras de Joanna de Angelis.
VAMOS BUSCAR JUNTOS ESTE ENTENDIMENTO
SEJA BEM VINDO
DÊ-SE ESTA CHANCE, AFINAL, ENSINA-NOS A DOUTRINA ESPÍRITA QUE NA TERRA, CABE AO HOMEM SER TÃO FELIZ QUANTO LHE SEJA POSSÍVEL.
Curso aos sábados das 9 às 10 horas. Monitor: David
Rua dezenove, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP.
Informações: addavid@ig.com.br

terça-feira, 19 de março de 2013

FEB elege Novos Presidente e Diretores


Perri-Presidente eleito da FEB
Visão geral do Conselho Superior
Posse presidente da FEB
Na tarde do dia 16 de março houve eleição na Federação Espírita Brasileira.  O Conselho Superior da Entidade, em reunião presidida por Nilton Costa Pereira de São Thiago, foi eleito por aclamação e por unanimidade como presidente Antonio Cesar Perri de Carvalho. Em seguida, para ocupar o cargo de vice-presidente que este ocupava foi eleita Edna Maria Fabro, e para o cargo vago de diretor foi eleito João Pinto Rabelo. Em seguida, foram renovados os mandatos dos diretores que completavam o período:  Helio Blume,  José Valdo de Oliveira, Luiz Antonio de Moura, Miriam Lúcia Herrera Masotti Dusi, Regina Lúcia de Souza Barbosa Rodrigues, Sady Guilherme Schmitd e Tânia de Souza Lopes. Todos os eleitos, com mandato de dois anos.
Para o Conselho Fiscal foram eleitos com mandato de três anos:  Efetivos -  Alamir Gomes de Abreu, e Warwick Eliomar Gonçalves Mota., Sergio Thiesen e para suplentes: Carlos José Guimarães Gomes de Sá, Marco Antonio Leite e Raimunda Maria Prata. Permanecem como dirigentes da FEB com o mandato até 2014 – vice-presidentes: Marta Antunes Moura, Geraldo Campetti Sobrinho e Maria de Lourdes Pereira de Oliveira; Célia Maria Rey de Carvalho, Cirne Ferreira de Araujo, Affonso Soares, Roberto Fuina Versiani, Jarbas Arrais de Souza,  Carlos Roberto Campett e Niraldo Pulcineli.
Em seguida às posse, o Presidente da FEB leu sua manifestação contendo linhas mestras de ação e, ato contínuo, informou que convocará reunião extraordinária do Conselho Superior, juntamente com a reunião do Conselho Federativo Nacional da FEB, para novembro, para definições de planos gerais de ação. Indicou seus assessores, diretores e estatutários: Oceano Vieira de Melo, Edmar de Cabral Silva Júnior, Edimilson Luiz Nogueira e Rubens André G. Dusi ; como secretário geral do CFN da FEB e coordenador das Comissões Regionais do CFN o diretor Roberto Fuina Versiani. Informações:diretoria@febnet.org.br

REFLEXÕES


A ÚNICA COISA
A única coisa que Jesus objetivou com os seus ensinamentos foi que aprendêssemos a nos amar.
Neste sentido, exemplificando, há na prática usual do perdão um dos maiores antídotos contra os males causados pela falta do amor, sendo este, o expoente de todas as conquistas que alguém poderá fazer neste mundo de imperfeitos.
O perdão é um ato de auto misericórdia. Quem sabe ser indulgente para com as falhas alheias melhora a relação para consigo mesmo no processo de crescimento. Compreendendo o semelhante aprende a lidar com as próprias falhas morais; respeitando todas as convicções e sentimentos dos outros, passará então vigiar-se para não permitir-se realizar com facilidade ações que desrespeite a sua própria moral; tolerando, experimentará mais conforto quando cair e desejar levantar-se, concedendo-se então nova oportunidade.
Acreditando-se superior aos seus irmãos, o homem permite que as duas maiores chagas da humanidade, o egoísmo e o orgulho tomem conta da sua vida. Elas são estimuladoras do desamor; são os corrosivos dos valores melhores da alma, propiciam o desenvolvimento do ódio, da mágoa e do ressentimento, trazendo consequências funestas àquele que os nutrem. Naturalmente a vida conduzirá sempre a alma odienta a experimentar dissabores expondo as suas fragilidades, a fim de que verifique a própria imperfeição, e não venha cobrar perfeição dos seus irmãos. Ensinou Jesus a Pedro: “[...] perdoa setenta vezes sete vezes”.
Através do amor ao próximo desenvolvemos nossas próprias potencialidades. É no espelho da alma do outro que nos vemos refletidos. Geralmente, ensina-nos a psicologia transpessoal, que nós temos uma tendência a ver nos outros, ressaltados, exatamente o que devemos mudar em nós. Se alguém tem uma deformidade que não lhe agrada fugirá do espelho que a pode revelar sempre. Não a vendo acredita que ela não existe.
Neste sentido, a única coisa a fazer é buscar por todos os meios possíveis desenvolver o amor. Pouco valorizado entre os orgulhosos, preterido entre a maioria dos egoístas e desconsiderado pelo que optou por cultuar a matéria, o amor continua sendo o sentimento maior e único a promover o homem à condição de filho Deus a caminho da própria felicidade.
A caridade é caminho, o sentimento por ela desenvolvido é valor eterno a compor a gama infinita de cores belas que alma terá; se assim não fosse, Jesus não a recomendaria: “tudo o que fizerdes ao menor dos meus irmãos, a mim que o fazeis”.
A ÚNICA COISA QUE IMPORTA É AMAR, POIS O AMOR É DE ESSÊNCIA DIVINA.
Autor: Adelvair David

quarta-feira, 6 de março de 2013


AQUELES NOSSOS IRMÃOS
Nossos corações tomados de sensibilidade pela dor do necessitado põem-se a servir como pede o sentimento.
Por anos passam pelas nossas vidas as mesmas criaturas que buscam sem saber o que, pois que o pão para o corpo é pretexto, muita vez, ou não é só por ele apenas, que se aproximam de nós; observam-nos, estranham nossos modos, simpatizam conosco, passam a confiar, passam a abraçar, as crianças passam a enroscar-se em nossas pernas com seus olhinhos brilhantes e ingênuos como a nos querer dizer: “o que é a vida? O que se exigirá de nós? Papai e mamãe não nos atendem os pedidos, vez outra ganhamos os descartes de outros meninos porque que os pais deles atendem o que eles querem...Você vai me amar? Você vai me proteger?...
Neste contexto nossos corações se contraem em um misto de misericórdia e culpa. O auxílio brota-nos das mãos aguardando que também possam surgir do coração. E com o passar do tempo percebemos que já estamos mais interessados em responder-lhes as perguntinhas, não mais com palavras, mas com carinho, respeito e compreensão, ao que eles, estas alminhas esfoladas, aceitam e passam a confiar.
Muitos dos seus pais e mães também aparecem no nosso caminho. Seguindo o mesmo roteiro, porém, porque necessitam com urgência do recurso material se submetem as nossas disciplinas e se organizam como os indicamos. Formalidades estas que não gostamos quando são utilizadas para conosco, mas que gostamos quando aqueles que nos procuram respeitem. O tempo passa e eles vão e vêm, aparecem e desaparecem, até que um dia, como aconteceu conosco no dia de hoje, ficamos sabendo que um deles, uma mãe extremamente necessitada de tudo quanto é auxílio possível de se compreender, tem a vida encerrada de maneira desrespeitosa, pela opção de viver que ela fez, não cabendo aqui, qualquer julgamento de nossa parte. Sentimos um misto de dor com constrangimento. Teria faltado algo que poderíamos ter dado e não conseguimos? Com certeza, talvez, materialmente falando não, mas espiritualmente sim... Percebemos que não estamos tão disponíveis assim para acompanhar o drama destes corações que nos rogam muito mais do que dinheiro, roupas velhas e comida.
Asseverou Jesus que deveríamos amar como gostaríamos de ser amados. Escreve o espírito Emmanuel que “é preciso renunciar conscientemente a nossa própria emancipação, sustentando-nos no serviço espontâneo em favor dos outros”. Somente assim, na dedicação ampliada, onde o sentimento nobre nos povoe as esperanças, e passemos a servir em sintonia com o pensamento de Deus é que estaremos prontos para dar mais do que damos, desejar o bem e concretizá-lo até o sacrifício se preciso for. Então, estaremos verdadeiramente na condição de sermos chamados honrosamente de Cristãos, filhos de Deus na direção da própria libertação interior, onde as ilusões nos cativam e fazem-nos acreditar que ainda devemos guardar mais tempo para nós do já possuímos.
O amor é assim, jamais solicita antes de dar. Na dor que a oportunidade nos reserva neste momento, desejamos que o Senhor ampare aqueles que assim partem, para que de nossa vez, possamos melhorar nosso amparo e atenção aos convites do divino amigo, que seguiu fazendo o bem, e nos convidou estar ao lado do semelhante para prosseguir servindo até o momento do retorno a pátria real, onde todos nos encontraremos; ali, as diferenças e indiferenças terão espaço em nossas meditações mais dolorosas ou felizes.
A ALMA QUE PARTE NA DOR É INDICAÇÃO PARA QUEM FICA. Disse o Cristo: “Que veja aquele que possui olhos de ver [...]”.
Autor: Adelvair David

JANTAR BENEFICENTE

CONVITE
Convidamos a todos para mais um jantar beneficente no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores de Jales,SP, a Casa de Madô, com a qualidade e carinho já conhecida de todos.
Será no dia 23 de março de 2013, das 20h as 22 h
Cadápio: Filé de tilápia do forno, pirão, arroz branco, escondidinho de calabresa, salada rica e espetinho de salada.
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP
adquira seu ingresso com os trabalhadores ou reserve por telefone ou e-mail e retire no local no horário do jantar.
informações: David - 17- 3632.5095 ou pelo e-mail: addavid@ig.com.br 
SEJAM TODOS BEM VINDOS PARA ESTE MOMENTO DE BOA COMIDA E BOA CONVERSA