REFLEXÕES



ELE, O MESTRE AMOROSO
Ele é o mestre incomparável.
O episódio da cruz dimensionou definitivamente para a humanidade a grandeza do amor; até onde deve ir aquele que ama.
O sacrifício da vida é doação suprema. Sem perdê-la fisicamente, muitos o seguiram pelos séculos que se sucederam após aquele dia doloroso. Homens e mulheres devotados, inebriados pelo perfume do Seu evangelho gastaram suas vidas desbastando-se por fora para iluminarem-se por dentro, amando até doer como ensinou Madre Teresa de Calcutá ou vivendo tão próximo dele como exclamou o apóstolo Paulo: Já não sou eu mais quem vivo é o Cristo que vive em mim” ou ainda como nos ensinou Chico Xavier: Tudo é amor. Até o ódio [...] nada mais é senão o próprio amor que adoeceu gravemente.
Nos Seus ensinamentos o mestre Jesus enumerou todos os requisitos necessários para a construção do Reino de Deus, dentro do coração do homem.
Como mestre verdadeiro, o que Ele ensinou alcança a razão da criatura humana e fere-lhe definitivamente os sentimentos drenando-lhes toda sujidade, transformando-os em amor sublime. Ensinou-nos Ele em gloriosa afirmação: “amai-vos uns aos outros como eu vos amei”; sobretudo nestes tempos de ilusões anestesiantes é necessário retomar o caminho que Ele percorreu vivenciando a Sua inequívoca mensagem, a do amor imortal.
Na morte enxergamos a vida; é a liberdade após a estadia no corpo para o necessário aprendizado. Ressurgindo após três dias como prometera encontrou-os temerosos e aflitos; acalmando-os inundou-os de paz, enchendo os seus corações de esperança e coragem para levarem os ensinamentos a toda humanidade.
A vida ganhou um novo sentido com Ele, o de que é impossível ser feliz sem amar; se o objetivo é viver, é inviável prosseguir ignorando as necessidades da humanidade, que morrendo em muitos comportamentos infelizes aguarda a vida daqueles que se lhes possam dedicar os sentimentos melhores.
Para o reino dos céus somente um e único comportamento é necessário, o do amor incondicional.
RESSURGIR COM ELE É, SOB QUALQUER CIRCUNTÂNCIA FAZER DO AMOR O MAIOR IDEAL.
Autor: Adelvair David - publicada no Jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP em 23-04-11.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

REFLEXÕES

REFLEXÕES