Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

JANTAR NO MARIA DOLORES - JALES,SP

Imagem
frango recheado, lasanha bolonhesa, lasanha de legumes, rondele de presunto e queijo ao molho rose, espaguete e espaguete de espinafre com molho bolonhesa e verde, arroz branco, saladas crocante e Havaí Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP convites com os trabalhadores ou pelo fone 17- 9714.1591 (cássia)

3º ENCONTRO DA FAMÍLIA MADÔ

Imagem
Será no dia 21 de novembro de 2010, das 8h30min as 12h (encerramento com o almoço fraterno) Local: Grupo União Espírita Caminho da Esperança, em frente ao Pronto Socorro, Vila União, em Jales-SP Tema: A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO DO ESPÍRITO. Educai hoje aqueles que serão amanhã os orientadores do mundo (Meimei) PARTICIPE! informações com a Marisa: fone 17- 91506992 ou pelo e-mail: marisamasocatto@hotmail.com

JANTAR NO MARIA DOLORES - dia 27 de novembro - em breve mais detalhes

REFLEXÕES

Imagem
PARA PERMACERMOS EM PAZ
O ressentido sempre acha que o outro lhe tirou a paz.
Porém, em verdade, ninguém pode nos tirar a paz, desde que a possuamos.
Faltam-nos recursos, valores que sustentem a nossa paz. Uma vida é mais do que realizações materiais, é também oportunidade de aquisições espirituais, afinal, não somos um corpo apenas, mas um espírito que tem um corpo, caminhando para Deus.
Em muitos de nós, a paz, infelizmente não passa de frágil verniz, uma fina película que não sobrevive à menor contrariedade. Qualquer motivo fútil pode nos trazer grandes dissabores e comprometer o nosso sossego e equilíbrio, durando longos períodos; deixamos de viver para permanecer paralisados em determinado drama, afastados das belezas de cada dia.
Quando contrariados, o vulcão das nossas imperfeições explode rompendo esta delicada proteção que nos encobre, expondo-nos, anunciando a pessoa que somos.
O ideal é adquirirmos recursos próprios, valores melhores, para que não fiquemos na dependência do que v…

QUANDO A MEDIUNIDADE AFLORA

Imagem
O bom desenvolvimento mediúnico, que solidifica a faculdade evitando crises obsessoras de muitos gêneros, não implica somente a frequência a determinadas sessões, mas, principalmente, a cultura moral interior do pretendente ao intercâmbio com o invisível, o cultivo das boas qualidades do caráter e a organização dos trabalhos espíritas e da própria ação diária da vida, a prece, a leitura edificante corrigindo vícios mentais, o amor generalizado irradiando para manifestações superiores, enfim, uma renovação de valores circunstanciada, renovação que não poderá ser, certamente, rápida, mas que será constante nos propósitos de progresso, tudo isso lentamente aprimora, abrilhanta, solidifica a faculdade mediúnica, evitando possibilidades de um desvio para o campo obsessivo. Yvonne A. Pereira - Recordações da Mediunidade