sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO

JESUS NOS ABENÇOE NESTE NOVO ANO QUE SE INICIA.
QUE SUA LUZ CONTINUE NOS ILUMINANDO NOS NOBRES PROJETOS DA PAZ E
QUE AS ALEGRIAS NOS CORAÇÕES POSSAM SE TRANSFORMAR EM PÉROLAS DE SENTIMENTOS A AMENIZAREM AS DIFICULDADES DOS QUE SOFREM.
QUE O MESTRE AMOROSO CONTINUE SENDO NOSSA INSPIRAÇÃO E IDEAL, PARA QUE O SEU REINO CONTINUE SE INSTALANDO NOS CORAÇÕES DE TODOS NÓS.
FELIZ ANO NOVO!
Adelvair David

sábado, 25 de dezembro de 2010

CANTE O NATAL


A esperança se agiganta,
A natureza se renova
e brilha,
A passarada feliz
Voa feliz, vibra e canta.

O berço pobre,
A estrela que rebrilha,
O jardim que encanta.
As flores brilham.
Que maravilha!

É Jesus que vem de novo.
Falar de Deus ao
coração do povo,
Com a sua palavra
que reluz!

Saúdam-se os cristãos
de toda a Terra,
É o domínio da paz,
banindo a guerra!
É o Senhor!
É Jesus!...
Sempre Jesus!

(Maria Dolores)
(Recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

MOMENTO DE ORAÇÃO


MOMENTO DE ORAÇÃO
Neste domingo dia 19 de dezembro das 8h30min as 9h (antes da mocidade) estaremos orando e meditando junto com os corações que desejarem, no Maria Dolores.ORAR É ROGAR FORÇAS, NUTRIR-SE NO SENHOR JESUS
David (Diretor de Doutrina do MADÔ)

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

CURSOS ENTRANDO EM FÉRIAS NO MARIA DOLORES - JALES,SP


OS CURSOS NO MADÔ ENTRAM EM FÉRIAS AGORA EM DEZEMBRO E PARTE DE JANEIRO.
Ultimas aulas dos cursos de: O livro dos espíritos, Obras de André Luiz e O Ser consciente nos dias 16, 17 e 18 de dezembro.
Avisaremos pela net, mural e tribuna quando os mesmos retornarão.
BOAS FÉRIAS E MUITA PAZ AOS CORAÇÕES.


segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

REFLEXÕES

CHORA SIM, MEU FILHO!
Na voz embargada e diminuta do pequenino, mais parecendo um miado, encontramos reflexão, tentando desfazer o nó que se formou em nossa garganta diante do quadro que se apresentava.
- Tio, vão saber que eu chorei... Homem não chora, só quando apanha ou sente dor... Afirmava o menino tentando administrar o choro que estava preso no seu pequeno peito.
Ele não conseguia aproveitar a festinha das crianças da sua sala; retraído em um canto, observava tudo de longe como se não tivesse direito àqueles momentos de alegria.
A falta de atenção, a voz desconsiderada no lar, a falta da presença e apoio, entrega pequeninas almas ao seu pequeno e frágil mundo, que muitas vezes necessitam administrar sem ter maturidade para isto.
As reflexões que fizemos, levam-nos ao questionamento de qual deve ser o comportamento ideal, até onde o nosso proceder pode ou não colaborar com o crescimento e queda daqueles que jornadeiam conosco na experiência evolutiva; principalmente na constituição do lar. Deus não nos situou por acaso junto daqueles a quem fomos convidados a viver. Somos almas entrelaçadas, intrinsecamente ligadas por experiências e carências que necessitam evoluir juntas, para aprender e resolver necessidades criadas em um tempo que precede a este que estamos vivendo.
Cada um de nós necessita colaborar com muita responsabilidade com o progresso uns dos outros, principalmente com estes que formam o nosso ninho doméstico. Os pais, os irmãos e os familiares têm grande dever para cumprir junto aos seus, devendo envidar esforços, dedicação e amor, para que cada um possa sentir-se amparado e confortado nas suas necessidades e aprendizado.
É doloroso observar um coraçãozinho que procura à sua volta o aconchego do colo da mãe e a força dos braços do pai e apenas encontra indiferença e distância. Essas marcas permanecem no espírito por muito tempo, até que nós mesmos que as causamos possamos retirá-las com as doses de amor que negamos anteriormente.
Pudemos sentir a agonia, a tensão, a ansiedade com que ele tentava contornar o seu medo, sua insegurança, sua dor naquele momento, deixando-nos irremediavelmente angustiados, porque, apesar de podermos estar lhe fazendo companhia naquele instante, ofertando-lhe o carinho diminuto, carecia ele de amor de pai, de mãe, de irmão, de família; referenciais insubstituíveis e intransferíveis; atribuições e sentimentos devidos por aqueles em cujo círculo de afeto Deus o situou, a sua família.
Reflitamos na proposta de Jesus para a nossa felicidade: “ama o teu próximo como a ti mesmo”; assim poderemos construir através do amor que devemos compartilhar a lucidez e paz que necessitamos. Deus nos deixa entregue a um juiz que conhece as suas leis e nos conhece como ninguém. Questionados a esse respeito, por Allan Kardec: Onde está escrita a lei de Deus? Respondem os espíritos venerandos: na consciência. O amor regateado será a lacuna afetiva que experimentaremos no futuro à procura dos abandonados no caminho, para resgatá-los.
Chora sim meu filho, homem também chora, e chora de alegria, de dor, de felicidade, chora por muitos motivos, só não pode chorar vitimado pela indiferença... ACOLHE O TEU PEQUENINO E OS TEUS MAIS PRÓXIMOS, AMANDO-OS, PARA QUE AFETUSO POSSAS DIVIDIR ESSE AMOR ENTRE TODOS OS SERES HUMANOS.
Autor: Adelvair David

REFLEXÕES


NOITE FELIZ
A terra aveluda-se em maciez de emoções incomuns.
Num berço de ternura esplende na fronte da criatura, a lembrança do meigo Senhor. Ele retorna aos corações em mensagens de Paz e Luz.
Com ele, toda expectativa ruim perde a força; fenece a proposta do mal; das cinzas o homem se levanta, mesmo em cruzes de sacrifício, para o urgente recomeçar na canora canção do amor... É Natal!
Jesus, o mensageiro de Deus, prossegue cuidando dos destinos deste mundo e dos seus bilhões de habitantes. A sua angelitude repousa asas alvas sobre as misérias humanas, cobrindo cada coração de misericórdia e compaixão.
Nestes tempos em que o mundo se prepara para o Natal, a lembrança do mestre, ocupando novamente o coração do homem, promove uma verdadeira revolução nos valores e nos sentimentos de cada um, proporcionando a solidariedade e a fraternidade; o homem vislumbra novos horizontes de esperança e confiança no criador, nutrindo-se de novas vibrações, preparando-se para mais um ano de trabalho e dedicação às inúmeras causas a que foi chamado viver neste mundo.
Blande os sinos, e nós vibramos em igual efusão.
Sopra a gaita, e nós articulamos as cordas do coração.
Vem Jesus, há anseios na humanidade que te aguarda, jamais antes com tanto ardor; todos desejam ouvir-te novamente na acústica na alma... Senhor, ensina-nos a amar.
É Natal, desejamos Jesus, renovar nossos ideais de amor, e como nos ensinastes fazer a cada irmão o que gostaríamos que nos fosse feito, para a verdadeira felicidade.
Vem senhor, fica conosco nesta NOITE FELIZ, e por todos os dias de nossas vidas.
Autor: Adelvair David - mensagem publicada no Jornal "Folha Noroeste"em 11\12\10.


domingo, 12 de dezembro de 2010

7º E.E.M.E. DO GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES






ACONTECEU NESTE FINAL DE SEMANA, DIAS 11 E 12 DE DEZEMBRO O 7º ENCONTRO DE ESTUDO, MEDITAÇÃO E CONFRATERNIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DO GRUPO MADÔ.
Foi na belíssima Chácara do Profº Domingos. O evento foi marcado com muita alegria com estudos, meditações, teatros, brincadeiras, convivência das famílias, piscina, boa comida e pelo firmar de propostas individuais e coletivas para o ano porvindouro. Também refletimos o sentido real do Natal, focando o aniversariante e não o papai noel, com o tema "VEM SENHOR!". Muito emocionados os trabalhadores renovaram seus laços de carinho e amizade que comungaram com seus irmãos por todo o ano e fortaleceram o ideal de continuar trabalhando pela doutrina e por Jesus, na Casa de Maria Dolores.
A presença da espiritualidade foi sentida por todos, que, envolvidos, sentiram seus corações pulsarem na frequência do amor.
FELIZ NATAL A TODOS, SEJAM SEMPRE BEM VINDOS À NOSSA CASA EAOS NOSSOS CORAÇÕES

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

CRIANÇA CANTANDO


OLÁ CAROS AMIGOS E IRMÃOS.
Gostaríamos de convidar a todos para assistirem a uma apresentação do Coral Infantil VOZES DO CORAÇÃO, do Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores.
Será no dia 16 de dezembro a partir das 20h, na Praça Dr. Euplhy Jalles, em Jales-SP.
A sua presença é um estímulo para estes pequeninos, que cheios de ensutusiasmo cantam com o coração.
VENHA PARTICIPAR DE MOMENTO BELÍSSIMO

FEIRA DO LIVRO ESPÍRITA

O GRUPO MARIA DOLORES, através da sua livraria espírita Joanna de Angelis, estará realizando mais uma feira do livro espírita.
Muitos títulos, com ótimos preços para o deleite de todos.
Obras consagradas da doutrina e lançamentos farão parte deste momento especial de final de ano.
Dê livro espírita de presente, é um gesto de grande afeto, que permanecerá na mente e no espírito do outro para sempre.
Será no estacionamento do Supermercado Proença, em Jales-SP, na Avenida João Amadeu, ao lado da SP-320, do dia 18 a 23 de dezembro.
informações pelo fone: 17- 3632.1757 ou 17- 9744.5405 (ique)
VENHA NOS VISITAR, sua presença é muito importante para nós.

ANETE GUIMARÃES NO MARIA DOLORES EM JALES


OLÁ CAROS AMIGOS E IRMÃOS.
Teremos na doce manhã deste sábado, dia 11 de dezembro, das 9h as 12h um seminário com a oradora do Rio de Janeiro, ANETE GUIMARÃES.
Será no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores
Enderço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP
Informações: 17- 3632.9983 (Jane)
SEJAM TODOS BEM VINDOS A NOSSA CASA E AOS NOSSO CORAÇÕES

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

FORMATURA DO LENNON


PARABÉNS FILHO, O TIO DESEJA QUE O TEU CORAÇÃO SEMPRE POSSA ESTAR SINTONIZADO COM A RESPONSABILIDADE E O DEVER, PRINCIPALMENTE O DE AMAR AO TEU SEMELHANTE.
A FACULDADE VEM AÍ, SEJA UM CORAÇÃO QUE PULSE NO PULSAR DO CORAÇÃO DO CRISTO E, COM CERTEZA, ELE, O MESTRE NÃO TE FALTARÁ COM AMPARO E APOIO NAS HORAS DE NECESSIDADE E ALEGRIA.
PARABÉNS, neste dia 03 de dezembro de 2010, do tio que te viu crescer, que te acompanhou nos braços do papai e da mamãe, para chegar tão rápido... e como foi rápido...a fase em que baterás asas, para deixar o meu e o coração dos teus pais e irmãos um pouco mais apertado, mas felizes, porque vc caminha para a tua realização. PARABENS!

PALESTRA COM ISMAEL GOBBO DE ARAÇATUBA


Será neste domingo dia 5, as 19h30min no MARIA DOLORES
com o tema: JESUS, ALEGRIA DOS HOMENS

Rua 19, nº 768, Bairro S. Judas Tadeu, Jales-SP
SEJA BEM VINDO a mais um evento doutrinário

sábado, 20 de novembro de 2010

JANTAR NO MARIA DOLORES - JALES,SP

frango recheado, lasanha bolonhesa, lasanha de legumes, rondele de presunto e queijo ao molho rose, espaguete e espaguete de espinafre com molho bolonhesa e verde, arroz branco, saladas crocante e Havaí
Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP
convites com os trabalhadores ou pelo fone 17- 9714.1591 (cássia)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

3º ENCONTRO DA FAMÍLIA MADÔ


Será no dia 21 de novembro de 2010, das 8h30min as 12h (encerramento com o almoço fraterno)
Local: Grupo União Espírita Caminho da Esperança, em frente ao Pronto Socorro, Vila União, em Jales-SP
Tema: A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA EDUCAÇÃO DO ESPÍRITO.
Educai hoje aqueles que serão amanhã os orientadores do mundo (Meimei)
PARTICIPE!
informações com a Marisa: fone 17- 91506992 ou pelo e-mail: marisamasocatto@hotmail.com


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

JANTAR NO MARIA DOLORES - dia 27 de novembro - em breve mais detalhes

REFLEXÕES

PARA PERMACERMOS EM PAZ
O ressentido sempre acha que o outro lhe tirou a paz.
Porém, em verdade, ninguém pode nos tirar a paz, desde que a possuamos.
Faltam-nos recursos, valores que sustentem a nossa paz. Uma vida é mais do que realizações materiais, é também oportunidade de aquisições espirituais, afinal, não somos um corpo apenas, mas um espírito que tem um corpo, caminhando para Deus.
Em muitos de nós, a paz, infelizmente não passa de frágil verniz, uma fina película que não sobrevive à menor contrariedade. Qualquer motivo fútil pode nos trazer grandes dissabores e comprometer o nosso sossego e equilíbrio, durando longos períodos; deixamos de viver para permanecer paralisados em determinado drama, afastados das belezas de cada dia.
Quando contrariados, o vulcão das nossas imperfeições explode rompendo esta delicada proteção que nos encobre, expondo-nos, anunciando a pessoa que somos.
O ideal é adquirirmos recursos próprios, valores melhores, para que não fiquemos na dependência do que vem do outro para permanecermos em paz.
Com a Sua vida e as Suas palavras o mestre Jesus nos apresenta: “eu vos dou a minha paz “(...); sendo Ele a própria virtude encarnada, suas palavras anunciavam o que os seus atos confirmavam.
Renunciar à necessidade de ser aprovado, compreendido, gratificado é seguir aprendendo para ser feliz.
NÃO SE RESSENTIR É DEIXAR ESPAÇO NO CORAÇÃO PARA QUE O AMOR POSSA NASCER EM NÓS, COMO ELE NOS ENSINOU.
Autor: Adelvair David - Mensagem publicada no dia 06-11-10 - no jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

QUANDO A MEDIUNIDADE AFLORA


O bom desenvolvimento mediúnico, que solidifica a faculdade evitando crises obsessoras de muitos gêneros, não implica somente a frequência a determinadas sessões, mas, principalmente, a cultura moral interior do pretendente ao intercâmbio com o invisível, o cultivo das boas qualidades do caráter e a organização dos trabalhos espíritas e da própria ação diária da vida, a prece, a leitura edificante corrigindo vícios mentais, o amor generalizado irradiando para manifestações superiores, enfim, uma renovação de valores circunstanciada, renovação que não poderá ser, certamente, rápida, mas que será constante nos propósitos de progresso, tudo isso lentamente aprimora, abrilhanta, solidifica a faculdade mediúnica, evitando possibilidades de um desvio para o campo obsessivo.
Yvonne A. Pereira - Recordações da Mediunidade

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

REFLEXÕES

AINDA QUE FOSSE...
Sombreando os projetos do homem, surgem as questões que lhe afligem. O que fazer, quando fazer, a quem escolher, qual o melhor procedimento, qual decisão trará mais êxito.
Estas preocupações deveriam fazer parte do desejo de se conduzir pelos caminhos seguros da honradez e da conduta mais nobre, nunca para disfarçar sentimentos menos recomendáveis que jazem transitando em a natureza humana.
O obscuro futuro, que pode apresentar-se ameaçador, trazendo desassossego e conseqüências maléficas, conduzindo dissabores à vida, faz com que o homem por vezes adie comportamentos menos dignos, para retomá-los em momento que achar mais oportuno.
Pode ser real a intenção fundada na preocupação de fazer o que é mais certo, almejando não trazer prejuízos a si mesmo e aos outros, porém não se pode ignorar o ensinamento de Jesus: “a cada um segundo as suas obras”. Cada qual terá de volta o que deu e colherá em terreno onde semeou os frutos doces ou amargos das suas escolhas certas ou enganosas. Quem errou tentando fazer o certo, evitando ceder a impulsos negativos, terá mais ânimo para recomeçar e não se machucará com as observações alheias; quem escamoteou a verdade, conduzindo-a em terreno de moral duvidosa, quando surpreendido, experimentará desespero e desfalecimento ante os gritos dos insensatos como ele.
Necessário à criatura procurar desenvolver os sentimentos adequados ajustando-se às reais necessidades da existência. A maioria das coisas que o homem deseja ele não necessita e o que necessita já possui; deverá então, além de qualificação, apresentar motivo sadio para os seus desejos, se quer estar equilibrado. Se procura vivenciar os valores espirituais ensinados pelo mestre Jesus, espiritualiza-se, amplia a compreensão sobre a sua destinação e futuro, melhorando o seu entendimento a respeito do valor da vida. Adotar conduta afetuosa, benevolente, ocupando-se com o bem estar do próximo auxilia-lhe a calar anseios desnecessários na alma.
Ainda que fosse possível alcançar tudo o que se deseja neste mundo, exatamente como se imagina, isto não daria ao homem a paz que procura. Os convites do mal são inebriantes; as resistências são parcas; ampliá-las com a elevação da moral deve ser a tarefa de quem deseja ser feliz.
COLOQUEMO-NOS NA CONDIÇÃO DE APRENDIZES DA VIDA E ELA NOS CONDUZIRÁ EM SEGURANÇA.
Autor: Adelvair David - mensagem publicada no Jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP em 23/10/2010.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

JANTAR BENEFICENTE


NÃO VAMOS ESQUECER
será o nosso
JANTAR TROPICAL - no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores
neste sábado, 30 DE OUTUBRO as 20horas
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP.
Ingressos com os trabalhadores da casa ou pelo fone: 17- 9174.1591 (Cássia)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

PALESTRA NO MARIA DOLORES

CONVIDAMOS A TODOS PARA UMA PALESTRA NESTA SEXTA-FEIRA DIA 22 DE OUTUBRO AS 20horas, COM O ORADOR JOSÉ LÁZARO BOBERG,
ele é advogado e Mestre em Direito. Foi Diretor da Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro, de Jacarezinho-PR. Atualmente é professor nesta instituição e na Faculdade do Norte Pioneiro de S/A da Platina-PR. Na área jurídica é autor do livro, Lei ordinária e seu processo legislativo, publicado pela editora Juruá, de Curitiba.
É atuante há muitos anos do Movimento Espírita em Jacarezinho e região. Foi fundador e 1.º Presidente do Centro Espírita “Nosso Lar”; participa também do Centro Espírita “João Batista”, ambos de Jacarezinho. Criou o Clube do Livro Espírita, Banca do Livro Espírita e Livraria, todos vinculados ao Centro Espírita João Batista. Como expositor é convidado para palestras em várias casas espíritas.
é autor de obras espíritas tais como: O Segredo das Bem Aventuranças, O poder da fé, Prontidão para a mudança entre outros.
PARTICIPE CONOSCO, SEJA BEM VINDO
Local: Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores - Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP.
será mais um momento de aprendizado e confraternização entre irmãos
informações: 17 - 3632.9983 (Jane)

sábado, 16 de outubro de 2010

SHOW COM PLINIO OLIVEIRA EM JALES

Pra Quem Precisa de Um Pouco de Paz
show com Plínio Oliveira

LOCAL: Teatro Municipal de Jales
DATA: 30 Out. HORÁRIO: 20h30min.
ENTRADA: Convite + 1kg de alimento não perecível
PONTOS DE VENDA:
Banca do Luis
Lan House Game Mania
Informações:
pliniooliveiraemjales@r7.com
(17) 3621-6570.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

REFLEXÕES

INTERFERÊNCIA
Alcançar pelos próprios méritos é legítimo.
Cada ser humano caminha na direção das suas necessidades. Sua história é construída pelos esforços e aperfeiçoamento de suas próprias idéias, onde, a interferência alheia pode colaborar, quando honesta e opinativa, ou corromper, quando se lhe submete sem resistência ou reflexão.
O processo de verdadeira legitimidade só pode acontecer quando alguém realiza, sem interferência ilícita, pelos seus meios, suas forças, seu entendimento e seu prestígio o que se propõe fazer. Arrastar alguém a qualquer custo, sem se importar com os princípios éticos morais, apenas para satisfazer anseios que se escoram em intenções duvidosas, é processo nocivo, e não anunciam progresso ou crescimento individual, tão pouco coletivo.
Ser conduzido por conveniência ou não, pode trazer grandes complicações que nem sempre ficam restritas àqueles que as criaram; a interferência aceita ou imposta pode obscurecer a transparência e o desejo de muitos, consolidando o engano de poucos, em detrimento das necessidades e aspirações da maioria.
Aquele que alcançou um lugar sem o devido preparo emocional ou espiritual pode ser convidado pela vida a experimentar o anonimato, para que se tome consciência da sua real significação, e que, desiludido, possa digerir o que criou, para o aprendizado da humildade. Disse-nos o amorável Senhor: “aquele que se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado”.
Existe loucura disfarçada de bem comum. A história registra o nome de tantos quantos se acreditavam detentores de autoridade eterna, de recursos imperdíveis, de valores inquestionáveis, que o tempo tratou de arquivar, transferindo para o futuro apenas os alertas para que tantos outros não façam o que eles fizeram.
Interferir na realidade dos outros é invadir um mundo desconhecido, com conseqüências imprevisíveis; aceitar interferência de qualquer espécie, sem discernir é autorizar a outrem o controle da sua vida.
Ele amou deixando livre; aconselhou para a liberdade; deu a vida em sinal de profundo respeito aos sentimentos, mesmo enganosos da humanidade.
A MELHOR INTERFERÊNCIA É A DA COMPREENSÃO
Autor da mensagem: Adelvair David - publicada no Jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP em 09-10-10

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

JANTAR BENEFICENTE

CONVIDAMOS A TODOS PARA UM JANTAR BENEFICENTE
será o nosso
JANTAR TROPICAL
no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores
Dia 30 DE OUTUBRO as 20horas
Pratos: Arroz primavera, arroz branco, lagarto fatiado ao molho, farofa doce, creme de milho, strogonof de frango, salada tropical, salada crocante, salada harusame e salada além mar.
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP.
Ingressos com os trabalhadores da casa ou pelo fone: 17- 9174.1591 (Cássia)

domingo, 26 de setembro de 2010

REFLEXÕES

CONVENIENTE
É importante observar a postura do conveniente. As coisas que faz visa o seu tempo, quase nunca o da necessidade.
Entre desculpas e justificativas, que não sobrevivem ao menor argumento, acreditam conduzir as situações valendo-se até mesmo da autopiedade para não se sentirem rechaçados.
Pressionados pelos deveres morais, materiais ou espirituais, amiúde deixam a desejar, verbalizando exageradamente em efusivas teses, imaginam confundir e distorcer a realidade; normalmente aparecem depois dos fatos ocorridos, como se nada houvera acontecido, manifestando estranheza ante as explicações que normalmente são convocados a dar.
Se em meio aos acontecimentos algo lhes facilitar as desculpas... Apegam-se a um mísero empecilho que lhes possa servir de álibi, mostrando-o como trunfo, e instalam-se confortavelmente na sombra que criam na consciência, acreditando-se livres das responsabilidades.
Em total desconsideração aos sentimentos alheios, o conveniente caminha aproveitando-se das situações e das pessoas, sem se dar conta de que a vida possui os seus mecanismos de ajuste, que no devido tempo alcançam a todos, aferindo os valores de cada um; neste sentido, é comum ver-se quem nunca se preocupou com nada e nem com ninguém, à procura de quem os possa socorrer, em face da tormenta que se lhe abateu sobre a cabeça; buscam avidamente sentimentos nos corações onde não plantou ou naqueles a quem desrespeitou, esperando os transportes de amizade, amor, dedicação e ternura; lamentam a frieza e dureza com que são tratados.
Prosseguir desconsiderando as necessidades dos outros é condenar-se à solidão; sem semeadura não existe colheita.
A felicidade e a paz é uma construção que se edifica amando. Informam os espíritos venerandos que o egoísmo é uma das chagas da humanidade e necessita ser erradicado dos sentimentos da criatura para que os seus funestos efeitos não obscureçam a visão no caminho da ascensão espiritual.
As almas felizes de que temos notícias, vivem como que transportadas para fora de si mesmas, compartilhando a sua, auxiliam a vida por toda parte; agindo assim um sentimento novo nascerá no lugar da carcomida herança afetiva provinda das existências anteriores, onde a preocupação egoística criou cascas duras no coração, de difícil rompimento. A alegria de viver vem muito mais do amor que se aprende a manifestar aos outros, transformando-se em sentimento perene, do que pelo amor que deles se recebe, que normalmente tende a fazer bem para aquele que o doou.
Disse-nos Ele: “aprendei comigo” (...). Na belíssima oração canção atribuída a Francisco de Assis podemos ouvir que é dando que se recebe.
O AMOR DE DEUS É EXPERIMENTADO APENAS NOS CORAÇÕES QUE APRENDEM A SERVIR.
Autor da mensagem: Adelvair David - publicada no Jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales no dia 25 de setembro de 2010.

sábado, 18 de setembro de 2010

CANCELANDO EVENTOS

ATENÇÃO CAROS AMIGOS E IRMÃOS.
Estamos comunicando que por motivo de saúde do orador , VALCI SILVA, estamos cancelamento o evento com a mocidade e a palestra neste domingo dia 19 de setembro no Maria Dolores em Jales.
Rogando a Jesus o breve restabelecimento do nosso irmão.
abraços a todos.
David

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

REFLEXÕES


EVIDÊNCIA
Entre muitos sonhos, tantos desejam serem notados.
Não se fala aqui da notoriedade própria do trabalho ou da projeção que eleva aquele que pelos seus méritos alcança o chamado “lugar ao sol”.
A análise busca os desejosos de serem especialmente notados, destacados dos seus demais; estranhamente, a maioria deles, conseguidos de maneira obscura, sem que se possa estabelecer uma ligação com o devido crescimento, que é o reconhecimento de uma vida de trabalho, dedicação e empenho.
O que não se pondera, é que todo pódio tem seu preço, e toda projeção, principalmente a que se consegue forçadamente, custa recursos das reservas morais daquele que a ela se submete. Sendo esta honrosa, a evidência, plenifica o seu possuidor e também a todos os que se reúnem à sua volta; sendo desonrosa, ela tende a degenerar em escandalosa repercussão, quando se é surpreendido em infeliz atitude, transferindo o evidente, da reluzente posição ao fundo do poço, prejudicando-o definitivamente e a todos os que lhe concederam crédito.
Muitos lamentam a decepção que sofreram ao serem ludibriados pela evidente posição de alguns que lhes surrupiaram a fé, a confiança, a verdade. O que se pode dizer é que o fato de se ter sido enganado, na maioria das vezes, não é tema suficiente para fundamentar defesa; disse-nos o amoroso Senhor Jesus: “só lobos caem em armadilhas de lobos”; em análise sem maior profundidade... É provável que no projeto de se dar bem a qualquer custo, os enganados fecharam os olhos da prudência - porque também não são completamente honestos em seus propósitos - única amiga que pode aconselhar melhor em caso de dúvidas.
Quem busca simplesmente evidência, sem estabelecer uma trajetória de trabalho e esforço, jamais consolidará a posição de destaque sem prender-se no caminho a pessoas inescrupulosas e a situações comprometedoras que conspirarão mais cedo ou mais tarde contra a sua estabilidade moral, material, emocional ou espiritual.
Que ninguém se engane em relação ao que deseja alcançar ou possuir. (...) só é verdadeiramente legítimo, o que para possuir, não se prejudicou a ninguém (...). Não se deixe enganar, o mais evidente coração que a terra já recebeu no seu seio, passou por aqui com sandálias nos
pés.
A ÚNICA EVIDÊNCIA REAL É A QUE ENSINA A HUMILDADE.

Autor: Adelvair David - mensagem publicada no jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP, no dia 11 de setembro de 2010.

ATIVIDADES COM VALCI SILVA EM JALES


CONVITE
Caros amigos e irmãos, queremos convidar a todos para estarem conosco no Maria Dolores na companhia de VALCI SILVA, da cidade de Tupã, para palestra e atividade com mocidade.
No dia 19 de setembro as 9h - encontro com a juventude - tema: O jovem e a Drogradição.
Teremos um delicioso café da manhã e depois um pequeno seminário sobre o tema.
Jovem participe conosco - dirigente: traga sua mocidade.

as 19h30min, palestra para todos, ainda no Maria Dolores com o tema: Bem aventurados os aflitos...Uma reflexão sobre dor e sofrimento.
informações com Luiz Antonio: fone: 3621.6530

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

REFLEXÕES


POLÊMICOS
No comportamento humano, encontramos aos milhares os agitadores públicos ou privados, os insufladores, os polêmicos, que de maneira confusa protestam sem fundamento ou agitam as opiniões dos fatos, que mesmo reais, poderiam ter desfecho mais equilibrado.
Estes, os polêmicos, tomam a frente porque têm necessidade de exposição, mesmo sendo esta negativa, sem a preocupação com as conseqüências do seu alarde; agindo com irresponsabilidade moral, mesmo com razão, em nada colaboram com a resolução dos problemas, e não oferecem nenhum auxilio para minorar o sofrimento alheio ou para saída mais honrosa na dificuldade encontrada.
Observando a história da humanidade eles somam uma parcela significativa entre os traidores, os conspiradores e os usurpadores que, de personalidade conturbada, acabaram consumidos pela combustão social que iniciaram, sem deixarem caminhos ou colaboração mais eficaz para solucionar a pseudo causa que assumiram.
As verdadeiras ações, as obras mais significativas para a humanidade, estiveram nos ombros dos pacificadores, dos humildes; estes, “como asseverara Jesus” herdarão a terra; embora de aparência alquebrada e frágil, tinham verdadeira grandeza d´alma. Suas luzes exterminaram e exterminam as trevas da ignorância, da insensibilidade e da omissão, edificando esperança nos corações.
A vida, não sendo apenas o que os sentidos físicos podem apreender, transcende e abriga o seu artífice, o espírito humano, criado por Deus para elaborar-se e edificar-se nas muitas experiências em que terá que vivenciar, nas vidas cheias de desafios e aprendizado, cujos milênios enfileirados, consolidarão leveza moral e sabedoria, até a angelitude.
Desde já, é preciso ponderar a respeito dos fatos sociais que envolvem o homem, para que ao agir, sejamos instrumentos de sonoridade harmônica a ecoar no seio da humanidade, devolvendo-lhes a verdadeira proporção das suas ações.
NA POLÊMICA INSTALA-SE A BALBURDIA, NO DIÁLOGO SE CONSTRÓI A SOLUÇÃO MELHOR.
Autor da Mensagem: Adelvair David - publicada no jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP em 28 de agosto de 2010.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

JANTAR BENEFICENTE

ATENÇÃO
CONVIDAMOS A TODOS PARA UM JANTAR BENEFICENTE
será o nosso JANTAR MINEIRO
no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores
Dia 28 DE AGOSTO as 20horas
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP.
Ingressos com os trabalhadores da casa ou pelo fone: 17- 9174.1591 (Cássia)





segunda-feira, 16 de agosto de 2010


AS IDÉIAS E OS IDEALISTAS
É fato que ter idéias é fenômeno comum. Muitos passaram e passam rompendo épocas com as suas idéias.
Necessário meditar que nem sempre idéias representam ideais. Não se pode confundir o idealista com o sonhador, aquele que vive no mundo das idéias. Enquanto o idealista possui um projeto para onde se encaminha sua vida, impulsionando-o ao trabalho, aos esforços, o sonhador com suas idéias não vai a lugar algum.
Prisioneiros de suas idéias, contrariando todo o bom senso e sem nexo algum no tempo e no espaço, aguarda vivendo no mundo das idéias, que algo lhe caia do “céu”.
Há o que divulga suas idéias para o grande público; se entusiasma aguardando o parecer dos que lhe cercam, e quando o consegue, surpreende-se incerto, sem saber se é isto mesmo o que deveria fazer. Na sua histeria e inobservância não se apercebe que as suas idéias não representam os seus ideais, porque eles não existem.
Na obra do bem, até mesmo no campo da fé, existem as criaturas de idéias. Chegam a criar campos de serviço, mas para os outros realizarem; logo abandonam ou se limitam a quase nulidade, pouco ou nada produzindo. Acreditam que a existência da obra, por terem-na criado e o trabalho dos outros, lhes conferirá valores. Disse-nos o Senhor Jesus: “A cada um segundo as suas obras”.
Os nomes honrados da humanidade, pela força de suas idéias, construíram ideais eternos, que o tempo não conseguirá apagar; permanecerá inspirando outros corações a seguirem por onde seguiram.
Os reais ideais estimulam o autoconhecimento, erradicando a ignorância e o preconceito, entraves significativos ao crescimento material, moral e espiritual.
Quando questionado sobre o porquê não se defendia das calúnias e ataques que recebia, Chico Xavier respondia: “Eu estou me defendendo, estou trabalhando”... Ensinou-nos a mais bela trilogia do sucesso e do idealista: Silêncio, Trabalho e prece.
Com certeza Chico não era apenas um homem de idéias, mas sim de ideais; exemplo vivo para quem deseja realizar algo.
O amor confere boas idéias àquele que lhe cede ao convite, transformando-o em IDEALISTA.
Autor: Adelvair David - mensagem publicada no Jonal "Folha Noroeste" da cidade de Jales em 14 de agosto de 2010.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

PELESTRA COM NAZARENO FEITOSA

CONVIDAMOS A TODOS OS IRMÃOS PARA UM SEMINÁRIO SOBRE DEPRESSÃO
Com NAZARENO FEITOSA da cidade de Brasília-DF.
Será no Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores neste sábado dia 14 de agosto as 14h30min.
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP.
Fone para informação: 17-3632;9983 (Jane)
SEJAM TODOS BEM VINDOS

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

REFLEXÕES

ACREDITAR...
Somos naturalmente impelidos a uma série de crenças enquanto caminham as nossas vidas.
É sob o que se crê que a vida moral se constrói. Somente após muitas experiências vividas é que a natureza interior de cada um vai aprendendo a diferenciar o que é mito do que é real, selecionando por sentimento o que vale ou não a pena.
As crenças podem ampliar ou obliterar a visão. Injustiças e descalabros do comportamento podem passar perfeitamente como normais, distorcendo completamente a verdade; há quem, por indução de crenças esdrúxulas, deixando-se levar, auxilia na execução de projetos profundamente prejudiciais a um grupo ou a toda uma sociedade acreditando estar realizando a mais ética e elevada ação. Outro há que, mesmo sabendo do mal que está causando, por vinculação a equivocada ideologia, prossegue ignorando o prejuízo moral, material ou espiritual decorrente das suas ações.
A crença não deve ser cega. É necessário que se passe tudo ao crivo da razão; aceitar o entusiasmo alheio sem questionar é expor-se a grandes perigos. A veracidade, autenticidade ou nobreza de algo, só poderá ser percebida com rígidos aferidores; eles não estão fora, mas sim dentro de cada um. São os sentimentos, que muito mais do que o intelecto, seu grande aliado, torna a alma mais sensível e receptiva para sondar mais profundamente a natureza das coisas.
Sendo perfectível, o homem deve buscar na convivência humana, que é sua mais importante missão a compreensão dos reais valores da vida. Desenvolvendo seu potencial divino do qual está impregnado, nascerão os bons sentimentos, permitindo-lhe acertar mais e errar menos, a ver com mais clareza livrando-se das crenças equivocadas.
O amor é o sentimento maior para os acertos, elucidando as crenças dando-lhes medidas; qualquer empreendimento que não puder sobreviver ao critério do amor é falso; objeto de mentes oportunistas e malévolas, e necessitam serem rejeitados.
Convivendo nos melhoramos. Disse-nos Ele, o Senhor: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Do nosso jeito já o fazemos e ainda não é suficiente, é preciso amar como ele amou, somente assim poderemos ter condições interiores mais adequadas à vida que temos.
No conhecimento e no sentimento estão as certezas da alma que experimenta paz e alegria.

Autor da Mensagem: Adelvair David - publicada no jornal "Folha Noroeste" no dia 31 de julho de 2010.

terça-feira, 27 de julho de 2010

JANTAR BENEFICENTE NO MARIA DOLORES


CONVIDAMOS A TODOS PARA UM JANTAR BENEFICENTE NO MARIA DOLORES - JANTAR ÁRABE
Será no dia 31 de julho (sábado), das 20h as 22h
Local: Rua 19, nº 768, Bairro S. Judas Tadeu - Jales, SP.
PARTICIPE CONOSCO! - Boa comida e momento alegre.
Ingressos à venda com os trabalhadores, ou pelo fone: 17- 3632.9983 (Jane) e 17- 97141591 (Cássia).

segunda-feira, 19 de julho de 2010

ACONTECEU!!!






A USE INTERMUNICIPAL JALES, através do seu Departamento de Mocidades informa:
FOI REALIZADO ONTEM DIA 18 DE JULHO EM JALES O 17º EMERJ - ENCONTRO DE MOCIDADES DA REGIÃO DE JALES.
com ANETE GUIMARÃES da cidade do Rio de Janeiro.
Tivemos um teatro de abertura pela Mocidade Espírita Ivan de Albuquerque de Jales para sensibilizar os corações para o objetivo do encontro.
A Anete desenvolveu o tema: O Comportamento e a Educação do Espírito, com uma alegre e interessante apresentação do tema, com dinâmica que envolveram os jovens.
O Encontro contou com a presença das seguintes mocidades e cidades:
Mocidade Espírita Ivan de Albuquerque de Jales, Mocidade Amor Além da Vida de Santa Fé do Sul, Mocidade João Batista de Palmeira D`Oeste, Mocidade Espírita Luz e Amor do Centro Kardecista Luz e Amor de Jales, Mocidade Espírita Jerônimo Mendonça da cidade de Auriflama, Mocidade da Sociedade Espírita Allan Kadec de Jales, Mocidade Espírita Joanna de Angelis do Grupo União Espírita Caminho da Esperança de Jales e Mocidade André Luiz da cidade de Santa Albertina.
AGRADECEMOS a todos que participaram e colaboraram para que o 17º EMERJ fosse possível.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

ANETE GUIMARÃES NO MARIA DOLORES

CONVIDAMOS A TODOS PARA UMA PALESTRA NESTE DOMINGO DIA 18 DE JULHO as 19h30min, NO MARIA DOLORES
COM ANETE GUIMARÃES, DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
Será um grande prazer receber a todos para estes momentos de fraterno convívio em torno da Doutrina Espírita.
Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales-SP
informações pelo fone: 17- 3632;9983

segunda-feira, 12 de julho de 2010

REFLEXÕES


SEM ESMORECER
Enquanto a solidão reforça o sentimento de amargura, grita a alma humana por desafogar-se, rogando paz.
Podem-se encontrar olhos lacrimosos por toda parte, basta que se observe e ao lado mesmo existe alguém de semblante melancólico cujo olhar no horizonte procura um lugar onde repousar o coração.
Embora a observação apresente tal realidade, a vida não é um mar de dor onde o homem foi sitiado para experimentar agruras e desesperanças. Ninguém está irremediavelmente condenado aos dissabores; na maioria dos casos, as dificuldades surgem da rebeldia, da falta de entendimento, da incompreensão diante das provas, da imaturidade e ignorância quanto às verdades do existir.
A ciência tem buscado pesquisar os meandros da mente humana; esforços são empreendidos na elucidação das intempéries emocionais; muitos investigam e logram êxito no desenvolvimento de técnicas e medicamentos que auxiliem a viver melhor aquele que é tomado por estados agudos de sofrimento interior decorrentes da insatisfação quanto aos resultados esperados nas lutas da vida, porém, se considerado apenas no contexto mente corpo, a cura fica minimizada e difícil encontrar a resposta ideal para solução dos dramas humanos.
Criado à semelhança de Deus em sua natureza espiritual e jamais abandonado a um destino incerto, o homem entenderá que nada do que o atinge surgiu do acaso e sim pelo mecanismo da lei de causa e efeito; seus enganos do passado e do hoje necessitam de retificação, somente assim, experimentará repouso de alma; o criador marcou a sua criatura com sementes virtuosas que dormem na sua intimidade, que despertarão quando o homem desejar semeá-las na própria vida; importante não esquecer a assertiva do espírito Emmanuel: “A sementeira é livre, mas a colheita é certa”.
Quando o coração apertar e certo desânimo fizer convite a desistência, é prudente buscar, entre outras escolhas, o auxílio da prece; de coração voltado para a sua espiritualidade encontrará o homem refúgio e aconchego de alma; para o peito em chamas, asseverou-nos Jesus: “Pedi e obtereis”. O bom conselho é inspiração que vem do alto, apagando as labaredas da revolta.
Não se deixe abater, permita as lágrimas se necessário for, porém, renove-se imediatamente na confiança e no otimismo e prossiga sem esmorecer.
A VIDA É LUZ INAPAGÁVEL, NEM MESMO A MORTE PODE OFUSCÁ-LA, POR ISSO, VIVA PLENAMENTE.
Autor: Adelvair David - Mensagem publicada no Jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP, no dia 11/07/2010.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

17º ENCONTRO DE MOCIDADES

OLÁ JUVENTUDE!
VEM AÍ O 17º EMERJ - Encontro de Mocidades Espíritas da Região de Jales
Este ano teremos como conferencista "ANETE GUIMARÃES , da cidade do Rio de Janeiro.
17 anos de trabalho junto às juventudes, com muita alegria e dinamismo.
Data: 18/07/2010
Local: Lar Transitório São Francisco de Assis - Jales,SP.
Inscrições: até o dia 14/07/2010
Informações e inscrição pelo fone: 17- 3621.6530 (Denise e Luiz) ou 17- 9704.5572 ou ainda pelo e-mail: demerighe@hotmail.com.br
VENHA PARTICIPAR CONOSCO.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

REFLEXÕES

MODELO
É de se esperar que o homem, sendo imperfeito, procure no momento de agir um modelo para se inspirar.
Há modelo para tudo; os há de beleza, de inteligência, de violência, de prepotência, de bondade e sabedoria, etc.
A diversidade de características e o momento na evolução de cada um permitem as escolhas que culminarão em uma gama muito grande de comportamento e modo de viver.
O homem ilusão, notadamente instalado em sua convicção, pode fazer o mal sem se dar conta disto; outras vezes o faz por intenção; fazendo-o a si mesmo e aos outros, impelido por crenças particulares.
Necessário lembrar que no mundo existem muitos homens referência, esforçando-se por conquistar estágios satisfatórios de dignidade comportamental, moral e emocional; tornam-se então modelos; são copiados, seguidos pela turba desorientada que deseja de alguma forma algum benefício, ou por aqueles que verdadeiramente anseiam um caminho para viver melhor.
De todos os apresentados, nenhum é maior, ou substituirá o mestre nazareno, o senhor Jesus; Ele é o modelo e guia da humanidade. Seus ensinamentos são atuais e modernos; exprimem o mais puro direcionamento para as almas humanas; desprovido de fórmulas enigmáticas ou de artificialismo, objetiva levar o espírito ao encontro com a única verdade que liberta, aliviando as dores e dando sentido para a vida. Disse-nos Ele: “ninguém vai ao Pai senão por de mim”.
Seus exemplos e Seu comportamento irreprochável, o faz modelo perfeito; único, inigualado; tudo o que Ele disse pode ser vivenciado sem reservas, pois que conduz ao amor. Diante da própria consciência cada um deve ser o modelo de si mesmo, aperfeiçoando-se na árdua tarefa de capacitar o sentimento, amando.
SEM DISTORÇÕES MORAIS E EMOCIONAIS, AGRADÁVEL IMAGEM SE REFLETIRÁ NO ESPELHO DA CONSCIÊNCIA.
Autor: Adelvair David - Mensagem publicada no Jornal "Folha Noroeste" no dia 20 de junho de 2010.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

JANTAR BENEFICENTE

CONVIDAMOS A TODOS PARA UM JANTAR BENEFICENTE NO MARIA DOLORES
Será no dia 26 de junho (sábado), das 20h as 22h
Local: Rua 19, nº 768, Bairro S. Judas Tadeu - Jales, SP.
Prato: lombo suíno, arroz branco, talharim com porpetas, creme de milho e saladas
PARTICIPE CONOSCO! - Boa comida e momento alegre.
Ingressos à venda com os trabalhadores, ou pelo fone: 17- 3632.9983 (Jane) e 17- 97141591 (Cássia).

segunda-feira, 14 de junho de 2010

DIVALDO FRANCO

A EXEMPLO DOS APÓSTOLOS...

A exemplo dos apóstolos, expulsai os demônios. Para isso tendes o poder, e eles pululam em torno de vós, os demônios do orgulho, da ambição, da inveja, do ciúme, da cupidez, da sensualidade, que alimentam todas as más paixões e semeiam por entre vós os pomos da discórdia.
Expulsai-os de vossos corações, a fim de que tenhais a força necessária para expulsá-los dos corações alheios
Allan Kardec
Viagem Espírita em 1862, 2. ed. pp. 97 e 98.