segunda-feira, 28 de setembro de 2009

REFLEXÕES

NO LIMIAR DO TEMPO.
Encontramo-nos no limiar de um novo tempo.
Levantam-se rumores pessimistas de conflitos; os ânimos exaltam-se entre nações; regimes estertoram prestes a desaparecer, por insistir permanecer como não deveriam.
A humanidade avança célere para a Sua transformação. As experiências infelizes nas relações humanas de povo a povo, de pessoa a pessoa, demonstrou ao longo dos milênios que se sucederam, que o homem que mediu forças com o outro, não se encontra mais feliz e tampouco mais realizado.
Carcomidos, os valores pigmeus esposados no comportamento humano até este tempo, aguardam o seu último suspiro. A transição - que embora lenta - segue o seu curso, exigindo a reforma moral do “Ser” para o novo mundo, onde a justiça e a bondade serão os ditames de toda a conduta dos filhos de Deus.
As dificuldades emocionais representam verdadeira epidemia nos corações humanos; é o espírito imortal debatendo-se entre a culpa e o remorso das ações menos dignas impregnadas na Sua consciência. Embora ninguém venha a este mundo com o impositivo do sofrimento, a dor que é a conseqüência do mal, mesmo que inconsciente, convida o homem a que procure se renovar na opção e dedicação ao bem, como o ensinou o mestre nazareno.
Estamos no melhor momento para escolher. Optar pela espiritualização é abrir-se aos recursos eternos, divinos, emanados do criador. Deus é a fonte de todo o bem e Jesus a luz que ilumina a razão e o coração do homem, permitindo-lhe conhecer o caminho seguro. Disse ele “quem me segue não anda nas trevas”. O seu evangelho é caminho para o Pai e a sua vivência entre os homens, elevará a Terra à condição de mundo ditoso, onde será possível a felicidade sem mácula.
É de todos o dever de melhorar o mundo começando cada um melhorar-se a si mesmo, ampliando com Ele os horizontes onde nos detemos em lentidão.
No limiar deste tempo de elevação, o homem deve procurar SER SIMPLES NA SABEDORIA QUE O AMOR CONFERE A QUEM DESEJA AMAR.
Autor: Adelvair David - texto publicado no "Jornal Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP, no dia 26 de setembro de 2009.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

ANIVERSÁRIO DA MOCIDADE

NESTE DOMINGO DIA 19 DE SETEMBRO COMEMORAMOS O ANIVERSÁRIO DE 17 ANOS DE EXISTÊNCIA DA MOCIDADE ESPÍRITA IVAN DE ALBUQUERQUE E 10 DA MOCIDADE NO GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES. TIVEMOS UM CAFÉ DA MANHÃ COM OS JOVENS, APRESENTAÇÃO DE SLIDES DE FOTOS DESDE A FUNDAÇÃO ATÉ O DIA DE HOJE, APRESENTAÇÃO DOS CASAIS QUE PARTICIPARAM DA MOCIDADE E SE CASARAM E FAZEM PARTE HOJE DAS ATIVIDADES DA CASA. O LUIZ ANTONIO FALOU DA IMPORTÂNCIA DA MOCIDADE NA VIDA DOS JOVENS ESPÍRITAS E PARA SUAS FAMÍLIAS. FOI UMA FESTA COM MUITA EMOÇÃO E LEMBRANÇAS. JOVEM, VENHA PARTICIPAR CONOSCO - TODOS OS DOMINGOS AS 10 HORAS NO MARIA DOLORES.








quarta-feira, 16 de setembro de 2009

JANTAR BENEFICENTE

NO MARIA DOLORES
Dia: 26 de setembro a partir das 20h30min
massas, frango, saladas e muito mais
VENHA PASSAR MOMENTOS AGRADÁVEIS CONOSCO
deliciosos pratos
Ingressos à venda com os trabalhadores da casa (limitados)
ou pelo fone: 17- 9714.1591 (Cássia)


segunda-feira, 14 de setembro de 2009

REFLEXÕES

O DESAFIO DE DENTRO
Dai a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus.
A proposta desafio apresentada a Jesus, tinha como objetivo confundir a opinião dos presentes a respeito do mestre e dar motivo a condenação antecipada do Senhor, porém, neste cenário se construiu uma das maiores reflexões para a humanidade.
A visão imediatista do conjunto, como também naquele momento, leva o homem comum a acreditar que tudo está perdido neste mundo. Os sonhos esbarram, para a sua concretização, nos empecilhos do dinheiro, do poder, das dificuldades naturais que frustram a escalada rumo ao crescimento antes mesmos desta ter início.
Acredita ele que, se possuísse algo especial além do que já tem, toda a sua vida seria diferente, a felicidade lhe bateria às portas alegrando-lhe o coração e a vida farta lhe traria tranquilidade sem limites. Não observa que ao focar um só âmbito da questão se estreita na compreensão da vida, abandonando-lhe o conceito maior. É preciso considerar também, que afastando-se do mundo ou mesmo não lhe respeitando as leis, ou ainda rebelando-se, insulando-se, não poderá elevar-se para além de onde já está.
Para compreender o ensinamento do Mestre será preciso vislumbrar que vida não é o limitado conjunto de fatos a que a pessoa está submetida nesta passageira oportunidade, que é a existência presente. A vida se projeta para além das fronteiras onde os olhos humanos podem divisar. Ela é o amor de Deus expressando-se na eternidade para nunca deixar de existir. Somos os seres pensantes, as inteligências criadas por Deus para preencher de sentido o universo criado por Ele.
Dai a Cesar o que é de Cesar. Quando vemos um mundo tão mal direcionado em seus recursos, compreendemos a deformidade dos valores dos seus habitantes que ainda não conseguem perceber que o que sobra a um, falta ao outro, que a humanidade é a sua família, que não se está dando a cada um o que é devido. Cabendo ao homem desenvolver o amor como cantou Paulo de Tarso “(...)mesmo que eu falasse a língua dos anjos, se eu não tivesse amor, eu nada seria(...)”.
Dai a Deus o que é de Deus, ensinamento que ele mesmo exemplificou, dando a vida pela humanidade, demonstrando até onde pode ir o amor. Enquanto os pessimistas sentenciam o fim de tudo, uma grande quantidade de corações bem intencionados realizam a silenciosa tarefa de promover o bem, dever maior de quem deseja dar a parte de Deus, ou seja, aproximar-se do seu amor para elevar-se acima do mundo, como o fez Jesus, entendendo, compreendendo, perdoando, tolerando, respeitando, sendo gentil, afável, generoso, consciencioso, bondoso, terno e amoroso.
O MUNDO FORA DO HOMEM SERÁ O REFLEXO DO QUE ESTIVER DENTRO DELE.
Autor: Adelvair David - texto publicado no "Jornal Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP, no dia 12 de setembro de 2009.

domingo, 6 de setembro de 2009

MÊS ESPÍRITA DE MARIA DOLORES

ESTE É O MÊS ESPÍRITA DO GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES
Por ocasião do aniversário do Espírito Maria Dolores, estaremos comemorando com várias atividades, palestras, encontros este momento feliz da nossa casa.
Confraternizemos em torno dos objetivos da doutrina e do carinho da casa.
GRUPO MARIA DOLORES 10 ANOS
SEJAM TODOS BEM VINDOS
Rua 19, nº 768, Bairro S. Judas Tadeu - Jales, SP
informações: 17- 3632;9983 (Jane)