segunda-feira, 31 de agosto de 2009

REFLEXÕES

OFENSORES E OFENDIDOS
Na lei do progresso moral e intelectual humano a ofensa aparece como um atraso, produto da imperfeição humana.
Ela acontecerá por vontade, por descuido ou até mesmo sem que se queira; ninguém possui total domínio de sua natureza que possa garantir jamais ofender, causando dissabor até mesmo a quem se ama.
Toda expressão descortês, toda palavra dura é uma ofensa e forte indício de que o orgulho anda prevalecendo sobre os bons sentimentos. É quase regra que quem ofende esquece logo o que fez, porém, quem é ofendido pode guardá-la por uma vida toda, nutrindo mágoa e ressentimento contra quem o ofendeu.
A ofensa dessedenta-se no poço da vaidade de quem acredita não poder jamais ser ofendido e de quem pensa poder ofender atendendo seus propósitos a qualquer custo; incoerência uma tanto quanto a outra, considerando que não somos e nem vivemos entre anjos, em um mundo cheio de imperfeições, onde todos caminham para a auto-iluminação em direção a Deus, aprendendo com as adversidades e desafios desta caminhada.
Importante lembrar que o mestre nazareno a considerou como um óbice ao sentimento maior da fé, quando aconselhou: “(...) se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares que o teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta”.
A ofensa não é apenas uma transgressão a lei de amor, é um cárcere onde o Ser se coloca do qual só sairá quando mostrar disposição para reconciliar-se com quem ofendeu. Quem ofende imanta-se por laços inquebrantáveis ao ofendido e deverá se deseja prosseguir crescendo, resolver o problema o mais rápido possível, evitando perpetuar os seus efeitos, sofrendo no corpo e no espírito a presença desse mal adiando a sua felicidade.
O ofensor libera-se das amarras que criou através do arrependimento sincero; da imediata iniciativa de pedir perdão; se o outro não possuir grandeza suficiente para perdoar, assumirá sozinho o malefício de não ter perdoado; a mágoa e o ressentimento lhe roubarão a alegria, transformando-o em um ser doente, com desequilíbrios físicos, psíquicos e espirituais de longo curso.
O evangelho é terapia de paz de quem está aprendendo a ser feliz. NÃO SE OFENDA, PERDOA; NÃO OFENDA, SÊ GENTIL.
Autor: Adelvair David - Mensagem publicada na "Folha Noroeste da Cidade de Jales", dia 29 de agosto de 2009.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

JANTAR BENEFICENTE

JANTAR BENEFICENTE NO MARIA DOLORES, SERÁ NESTE SÁBADO DIA 22 DE AGOSTO AS 20H
Cardápio: Pernil Agridoce, Farofa brasileira, Creme de palmito, Maionese especial, bifum
SERÁ UMA NOITE AGRADÁVEL PARA CONFRATENIZAR OS CORAÇÕES E AINDA COM UMA BOA COMIDA
Endereço: Rua 19, nº 768, Bairro S. Judas Tadeu - Jales, SP.
VENHA PARTICIPAR CONOSCO
INGRESSOS À VENDA COM OS TRABALHADORES
ou pelo Fone: 17 - 97141591 (Cássia)


segunda-feira, 17 de agosto de 2009

REFLEXÕES

TRANSFORMAÇÃO É OBRA DO BEM.
Vence antes o mal com o bem (Paulo)
A transformação moral não se dá por milagre. Esforços, muitas vezes, por si só, parecem impotentes para implantar em um coração, os recursos superiores almejados.
O bem, sendo ainda expressão tímida na Sua natureza, aguarda fortalecimento. Fruto do que ignora, a tendência ao que não é ético é mais espontânea no homem; compromete-se vivendo enganos por desconhecer que a única forma de ser feliz é viver observando as Leis divinas em toda a sua extensão.
Conforme ensinou o mestre amorável, Nosso Senhor Jesus, o homem terá de conviver com o joio e o trigo dentro de si; se passar a vida preocupado com o mal em puritana e insana postura, deixará de fazer o bem, fazendo maior mal; se ignorá-lo, ficará a mercê de impulsos negativos que poderá comprometê-lo, alterando os caminhos que deve percorrer na sua existência; o mais indicado será estudar-se cotidianamente a fim de tomar providências de urgente melhoria.
O espírito humano prepara um legado para si mesmo, transferindo para o futuro suas construções e com elas, o bem e o mal que vai experimentar, produto de suas decisões e vivências.
O bem, ainda no homem, não é a ausência absoluta do mal, mas o predomínio na Sua vida dos bons sentimentos e a tomada de boas resoluções, mesmo tendo vontade de fazer o contrário.
Transformação é obra ascendente de todo filho de Deus, rumo à angelitude, forjada nas lágrimas da renúncia e não nas lágrimas alheias, no sacrifício da hora vazia, disponibilizada até a exaustão, se preciso for, para a felicidade daquele que necessita. Ele, o divino amigo, conduzido ao monte em extrema dor, recebeu o madeiro em paga ao amor que deu, mas continuou e continua amando, ensinando a inconfundível lição de que amar é dar a vida, sendo o bem o resultado desta doação.
A entrega verdadeira ao Seu divino ministério, possibilitará transformar nossos espíritos imperfeitos em belo diamante. Amando, servindo e perdoando, estaremos a caminho da auto-iluminação.
TRANSFORMAÇÃO É AÇÃO NO BEM, VISANDO EXTINGUIR O MAL.

Autor: Adelvair David – Publicada no jornal "Folha Noroeste" da cidade de Jales-SP no dia 15-08-09.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O CINE MADÔ APRESENTA
CASA ESPÍRITA, problemas e soluções
com: Divaldo Franco
duração: 1h40min
SERÁ NO DIA 29 DE AGOSTO AS 20 H
No Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores - Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales-SP
programação: 1 hora de apresentação - intervalo de 10 minutos - mais 40 minutos de apresentação.
-atividade gratuíta-
SEJAM BEM VINDOS
informações - fone: 17- 3632.9983 (Jane)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

REFLEXÕES


VIDA
Perceber a vida não é tarefa tão simples assim.
Os dias fluem, o tempo escoa e as oportunidades sucedem-se umas as outras, numa velocidade estonteante, que nem sempre é identificada pela criatura humana; é comum ouvir-se: “ - mas...já faz tanto tempo assim? parece que foi ontem!
Os pequenos detalhes, tanto quanto os fatos mais ostensivos, passam despercebidos no seu sentido maior para a maioria das criaturas. Lições, alertas, por mais discretos, são convites para o “Ser” em desenvolvimento.
Os desafios da vida se repetem insistentemente onde o aprendiz necessita melhorar. Sucedem-se as provas convidando à reflexão dos procedimentos adotados por cada um; observa-se o lamento de muitos quanto ao repetir dos mesmos acontecimentos, como que se estes obedecessem a uma teimosa e arraigada vontade; é a vida, com seus mecanismos estabelecidos na lei divina, lei de amor, desejando promover o homem, retirá-lo da paralisia que o deteriora, para uma vida mais vibrante, mais útil, engrandecendo-o material, moral e espiritualmente.
O acaso não existe, por isso, é preciso observar cada momento existencial, cada experiência, cada vivência considerando que enquanto não houver o crescimento a criatura andará em círculos, sempre às voltas com os mesmos problemas, mudando somente os seus agentes.
A vida é uma via repleta de oportunidades; as pessoas representam o desafio maior para o viajante. Elas, através do proceder, possibilitam a cada um o contato com o “Ser” real que se é; virtudes e defeitos são realidades de uma mesma vida que se promove lentamente para Deus, objetivando alcançar no suceder da fieira das encarnações, a evolução intelectual e moral necessárias, eterna felicidade.
Jesus asseverou a Pilatos, que todo poder vem de Deus. Toda capacidade é dom latente na natureza espiritual de cada um, aguardando o momento e a vontade para se desenvolver. Fomos marcados pelo criador para evoluir, porque assim é a Sua vontade; a caminhada nesta direção se dá com o aproveitamento de cada momento.
Vida é ação. VIVA AGINDO NO BEM.
Autor: Adelvair David - Matéria publicada no Jornal "Folha Noroeste", de Jales, no dia 01-08-09"

sábado, 1 de agosto de 2009

FOTOS DO JANTAR JAPONÊS

FOTOS DO JANTAR JAPONÊS DO DIA 25 DE JULHO NO MARIA DOLORES
FORAM MOMENTOS DE GRANDE ALEGRIA E UMA DELICIOSA COMIDA