terça-feira, 7 de julho de 2009

REFLEXÕES

O DESAFIO DE EDIFICAR
Há quem acredite que possa edificar a vida em terreno alheio.
Dizem alguns: “Eu serei feliz nos teus braços”; engano fatal que pode custar muitos dissabores, pois, os braços que antes afagavam podem se transformam em tentáculos que prendem, humilham e machucam. Outros afirmam: “Você é a luz da minha vida”; percebem logo que o brilho que parecia imenso, não passa de penumbra, não suportando a menor contrariedade.
Sendo repleta de desafios, a vida é um convite ao aprimoramento, ao entendimento maior das coisas, onde o resultado desse esforço dará mais lucidez àquele que se propõe às experiências.
Só se pode viver sobre o que se edificou. Cada Ser é herdeiro de si mesmo, carregando a bagagem que preparou, fazendo escolhas, decidindo situações, empenhando forças no trabalho, enfim, realizando a intransferível tarefa de acrescentar material à sua própria construção.
Por mais tentadora sejam as propostas do mundo, elas deverão sempre passar pelo crivo da razão e do sentimento, onde cada pessoa e cada oportunidade são apenas ofertas do criador para o seu crescimento.
Viver a vida que vai se desenrolando à frente, é aproveitar o tempo existencial evitando neutralizá-lo nas futilidades ou enganos oferecidos por pessoas e situações, de onde não poderá sair com facilidade. Disse-nos o Senhor Jesus: “Brilhe a vossa luz”, estimulando-nos a deixar fluir a chama divina que há em cada um de nós.
Muitos querem voltar ao passado, outros querem ir para o futuro, mas poucos se aventuram a voltar para o presente, abandonando suas ilusões para viver a realidade, de onde nunca deveria ter saído.
SÓ SE PODE CONSTRUIR EM SI MESMO, NO DIA DE HOJE.

Autor: Adelvair David - Matéria publicada no Jornal "Folha Noroeste" do dia 04 de Julho de 2009.

Nenhum comentário: