segunda-feira, 25 de maio de 2009

PENSAMENTOS
A vida exterior de cada criatura começa no pensamento. Pensar é de vital importância para os empreendimentos desejados.
Muito mais do que manter vigilância do pensamento - que pode se tornar mecânico - a forma como se pensa é que faz a verdadeira diferença.
A repetição de idéias, mantras, fórmulas, frases continuadas está longe do que se pode entender por domínio do pensamento. Esta postura coloca a pessoa depois algum tempo no piloto automático, transferindo-a para um segundo nível de consciência; rapidamente ela estará repetindo o que automatizou e pensando em outra coisa ao mesmo tempo.
Pensar bem não é só não pensar o que não se deve, mas é ter consciência do que se pensa. É importante que se saiba o porquê tais pensamentos indesejados ou inadequados aparecem na mente, a despeito dos esforças que se faça para impedi-los. Analisá-los e ver se existe algum comportamento interior ou exterior que precisa ser mudado.
Os pensamentos representam a realidade espiritual de cada um, o que se “é” verdadeiramente, não o que habitualmente cada um mostra ser para os outros, portanto, se a pessoa repete mil idéias programadas tida como boas, mas continua mesquinha, orgulhosa, egoísta, prepotente, dura de coração, maledicente, desonesta, entre outras, é certo que mesmo repetindo frases decoradas como orações e outras fórmulas, ela estará sempre sendo assediada por pensamentos ruins, inoportunos e de baixa moral.
Quando indagado pela mulher que ia ser apedrejada...“o Senhor não me condena?”, respondeu-lhe Jesus: “(...) vá e não peques mais”(...), denunciando que manter-se no comportamento equivocado é que condena a pessoa a uma vida mental, emocional e comportamental negativo, sendo o problema de inteira responsabilidade daquele que o possui, que deve sair imediatamente do hábito maléfico que o encarcera para um melhor que a promova para o bem.
O pensamento só reflete em que estágio cada ser se encontra em relação à vida e a si mesmo.
PENSAR BEM É VIVER BEM, COMPORTAR-SE BEM, SENTIR BEM E SOBRETUDO DESEJAR O BEM.
Autor: Adelvair David – publicada no Jornal Folha Noroeste da cidade de Jales em 23/05/09

terça-feira, 19 de maio de 2009

ANIVERSÁRIO DO GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES

NA NOITE DE 09 DE MAIO DE 2009, COMEMORAMOS O ANIVERSÁRIO DO GRUPO MARIA DOLORES,
NO DIA 02 DE MAIO DE 1999, INICIÁVAMOS NOSSA TRAJETÓRIA.
COMPLETAMOS 10 ANOS DE AMOR.
PARABÉNS A TODOS AQUELES QUE NESTES 10 ANOS DEDICARAM SEU CORAÇÃO, SEUS ESFORÇOS PARA QUE ESTE SONHO PUDESSE SE TORNAR REALIDADE.

NOSSO CORAÇÃO CONTINUARÁ SEMPRE ABERTO PARA RECEBER A TODOS OS IRMÃOS QUE DESEJAREM ESTAR EM NOSSA CASA.
SEJAM SEMPRE BEM VINDOS!

AS FOTOS ABAIXO SÃO DA COMEMORAÇÃO
Na foto acima, da esquerda para a direita os fundadores: David (camisa azul clara), Jane, Luiz Antonio, Ivan (hoje presidente) e Gustavo.










DELICIOSO JANTAR

CONVIDAMOS A TODOS PARA ESTAREM CONOSCO
DELICIOSO JANTAR NO MARIA DOLORES
neste sábado dia 23 de maio
Prato: pernil à moda do Cheff, Arroz banco, farofa de banana, Creme de milho, Salada maravilha e Salada Califórnia.
Tudo isto aliado a um ambiente agradável e carinhoso
Local: Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales - SP
Ingressos à venda com os trabalhadores ao valor de R$ 12,00 - ou pelo fone (17) 36324415 e (17) 9714.1591 com a Cássia.
PARTICIPE CONOSCO E SEJA BEM VINDO


sexta-feira, 15 de maio de 2009

RESPOSTA DA ENQUETE

AQUELE QUE NÃO AMA NÃO CONHECE A DEUS, PORQUE DEUS É AMOR
1 João 4:8 (João "o evangelista")

PALESTRA COM ISMAEL BATISTA

PALESTRA COM ISMAEL BATISTA NO MARIA DOLORES NESTE DOMINGO DIA 17 DE MAIO as 19h30min
Local: Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP
informações: (17) 3632.9983 (Jane)
VENHA PARTICIPAR CONOSCO - SEJA BEM VINDO

terça-feira, 12 de maio de 2009

domingo, 10 de maio de 2009

A EXCELÊNCIA DO AMOR

O amor não é mais uma proposta de felicidade, ele é fundamental para a vida, sem ele a vida desfalece; sem ele o crime, o suicídio, a fome, a violência, a tirania e todos os descalabros morais de que se tem notícia.

A dor da privação material é grande, mas a da falta de amor é superlativa. Todos os dias a esperança de alguém morre diante da indiferença, quando não encontra quem lhe possa amparar as pernas cansadas e os ombros feridos pelas provas da vida.

O verdadeiro amor como o entendia Jesus ainda não é vivenciado pelos nossos corações, mas a vida encontra sentido quando não se desiste de caminhar em Sua direção. Ele o apresentou ao mundo, aos doutores e sacerdotes que o rejeitaram, temendo-o como lepra destruidora, porque defendiam interesses mesquinhos, de espoliação e luxúria de onde não desejavam sair. Ele não lhes queria fazer mal, não tinha soldados, não tinha poder material. Abraçara a causa dos fracos para ensinar aos fortes e utilizava apenas o amor, que exemplificou até o fim.

O amor extingue para sempre o império do orgulho e do egoísmo, liberando a pessoa para as experiências felizes, sendo auto-suficiente para conduzi-la à paz, tendo ou não os favores do mundo material.

Ele estimulou os relacionamentos humanos em outros moldes, exemplificou a não violência, orientando: “Pedro embainha a tua espada”, demonstrando-nos à afetividade, único caminho que pode nos levar aos bons sentimentos. Quando se compreende o outro como ele é, surge a compaixão, que por sua vez decretará para sempre o desaparecimento da indiferença, o maior crime contra o amor.

Renovar os posicionamentos íntimos é treinar os olhos para que permaneçam na direção da necessidade alheia. Que jamais possamos ser surpreendidos enregelados sem que o fluxo da caridade possa estar circulando em nossas almas, tão necessitadas de amar.

A EXCELÊNCIA DO AMOR É DAR SEM A NECESSIDADE DE RECEBER.

Adelvair David

domingo, 3 de maio de 2009

FAÇAMOS LUZ!

A preocupação de alguns com os ataques a nós trabalhadores espíritas e às nossas casas, não tem qualquer profundidade.
O que há de extraordinário nisto, como querem alardear ?. Sempre foi assim!...
Jesus nos conclama; Allan Kardec nos elucida a obsessão; André Luiz nos mostra na prática onde e como ela se processa...

Disse-nos Jesus: "Brilhe a vossa luz"!; Ensinou-nos Allan Kardec: " (...) é preciso fazer grandes esforços para domar nossas más tendências"!; Mostrou-nos André Luiz: "A hipertrofia do sentimento é mal comum em quase todos nós"!.
Portanto, não é com informações fantasiosas, cheias de misticismos, desprovidas da mais singela lógica, afrontando a razão, que iremos combater qualquer assédio possível de nos alcançar.
Só podemos ter um entendimento a esse respeito; ensinou-nos aquele que está acima de qualquer espírito ou autoridade nesta terra, o nosso Mestre Jesus: "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei". Não existe trabalho, atividade espiritual, ritual ou qualquer outra parafernália que possamos utilizar que estará acima do poder do amor, como "Ele" nos ensinou.
Se existe um mal, ele está dentro de nós; quem nos alcança só o faz porque encontra afinidade conosco, portanto, a preocupação não deve ser com as trevas que nos atacam, mas com as trevas que estão dentro de nós; é preciso fazer luz.
Estudemos as obras básicas da Doutrina Espírita e busquemos em André Luiz, que pelas mais respeitáveis mãos mediúnicas do Planeta de todos os tempos, deixou-nos um legado lúcido para o nosso crescimento e transformação.
Adelvair David