terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

REFLEXÕES

VIRTUOSOS
Observamos que todos os ensinamentos de Jesus convergem para o mais puro amor.
Este amor exemplificado por Ele em toda a sua abrangência, que suavizou o coração dos endurecidos, encheu de alegria a alma dos sofredores e fez estremecer as entranhas daqueles que desejavam manter interesses mesquinhos e criminosos.
Estamos distante de compreendê-lo e aplicá-lo como Ele ensinou; somente através das virtudes o nosso coração poderá penetrar este sagrado mundo do amor, que inspirou mártires a abraçarem causas sacrificiais pelo bem da humanidade.
Acreditava-se que a virtude era uma concessão divina, privilégio de escolhidos para dela fazerem uso no mundo. Mas, a virtude compreendemos, é uma conquista; é o progresso do espírito na senda do bem, cujo meio para adquiri-la é o trabalho incessante no bem; incansável dedicação ao semelhante; quem assim se comporta, estrutura virtude n´alma; esta lhe sustentará e lhe guiará os passos pela eternidade, nas sucessivas vidas onde construirá a própria felicidade até a angelitude.
Diz-se que o homem inteligente, versátil é virtuoso, porém, somente o é aquele que se elevou acima das paixões humanas, que edificou sentimentos que lhe permitam viver despojado dos artifícios sociais, da bajulação, dos aplausos, das glórias, dos vícios escravizantes; é aquele que faz o bem pelo bem, sem nenhuma necessidade de reconhecimento ou retorno.
Agora, mais do que nunca, a humanidade é convidada a percorrer o caminho das virtudes, conquistando-as para garantir a própria serenidade, equilíbrio e a verdadeira realização, a moral.
É no sorriso de quem antes chorava que encontraremos refúgio e alento para nossas próprias dores. SEJAMOS VIRTUOSOS, PELA NECESSIDADE DE AMAR.
Adelvair David

Nenhum comentário: