quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

INDÍCIO DE METANO EM MARTE PODE COMPROVAR VIDA NO PLANETA

Indício de metano em Marte pode comprovar vida no planeta
Cientistas da agência espacial americana (Nasa) estão ansiosos para a próxima missão em Marte.
A descoberta de que várias regiões são ricas em gás metano aumenta as chances reais da existência de microorganismos habitarem o planeta.
O metano em Marte foi detectado por telescópios no Havaí, que decifram a composição química de substâncias através da luz que elas emitem. A Nasa não descarta que microorganismos no solo marciano estejam emitindo o metano.
Na Terra, o metano é fabricado na maioria das vezes por organismos. O gás pode ser emitido na digestão de nutrientes, ou em outros processos, como a oxidação de ferro.
Imagem mostra os níveis de concentração de metano na atmosfera marciana. De acordo com os pesquisadores a média estimada é de aproximadamente 500 gramas por segundo ou 43 toneladas por dia. Crédito: NASA's Goddard Space Flight Center/Apolo11.
http://www.apolo11.com/notasenoticias.php?posic=dat_20090127-075042.inc

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

CURSO DE INICIAÇÃO EM ESPIRITISMO



FAÇA A SUA INCRIÇÃO PARA O CURSO DE INICIAÇÃO EM ESPIRITISMO
Local: GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES
Endereço: Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales-SP
DURAÇÃO: O CURSO SERÁ MINISTRADOS NOS DIAS: 12 de fevereiro, 19 de fevereiro, 26 de fevereiro e 05 de março de 2009 a partir das 20 horas.

VENHA PARTICIPAR CONOSCO

Faça sua inscrição também, mandando um e-mail para addavid@ig.com.br, com o seu nome, telefone e endereço.


domingo, 18 de janeiro de 2009

REFLEXÕES

EM TEMPOS DIFÍCEIS
Na iminência ou na existência de um conflito é natural que se expressem opiniões e sentimentos.
Assim justificando, inflamam-se os povos, grupos se organizam em protestos nem sempre recomendáveis, com violência, chingamentos, depredações e balbúrdia.
Influenciados uns pelos outros toma corpo uma nuvem de ódio; num crescendo, à semelhança de uma epidemia vai se alastrando sendo muito difícil escapar-se dela.
Observamos que os protestos não são completamente eficazes para a solução do problema da guerra, da injustiça; uma vibração odienta paira sobre os exaltados e se desloca em direção à zona de conflito não auxiliando em nada os sofredores ou supostos vitimados; apenas alimenta a ferocidade dos detentores do mal que dela se nutrem para o intento infeliz.
É urgente refletir... Será prudente aderir a movimentos extremistas e pseudopacificadores que usam a violência para combater violência? Nos momentos de crise, confrontos, somente os mecanismos lícitos, legais podem auxiliar; através da prece movimenta-se recursos; uma atmosfera positiva, otimista estimula o aparecimento do sentimento maior, o amor. Disse-nos Jesus: “amai-vos uns aos outros como eu vos amei” ; não temos notícia de que Ele tenha se valido de qualquer ato histérico ou violento para combater o mal que o assediava vindo das minúsculas criaturas da Sua época; mesmo na cruz, deu o exemplo da não violência, ensinando o perdão das ofensas.
Ansiamos pela Paz em nós e no mundo, mas não nos esqueçamos de que somente o amor neutralizará o ódio e quebrará os grilhões da ignorância.
Ao amar mesmo em tempos difíceis, SEREMOS LIVRES.

Adelvair David

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

CASA DE CHICO XAVIER EM PEDRO LEOPOLDO-MG

Foi inaugurada em 2 de abril de 2006, às 16h, na cidade de Pedro Leopoldo (MG), a Casa de Chico Xavier. Transformada pela Fundação Cultural Chico Xavier num dos principais pontos do roteiro Caminhos de Luz Chico Xavier, ela é referência obrigatória para quem quer conhecer a obra do médium mineiro, abrigando lembranças do período em que Chico permaneceu em sua cidade natal, onde viveu de 1910 a 1959.
Visitação
A Casa de Chico Xavier está à disposição do público para visitas, de terça a domingo, das 10h às 13h e das 15h às 19h. Aos domingos, às 18h, sempre será realizada uma reunião destinada ao estudo do Evangelho de Jesus na ótica da Doutrina Espírita, ou seja, o Culto do Evangelho no Lar, com entrada franca.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

FESTA DO CACHORRO QUENTE

ATENÇÃO
FESTA DO CACHORRO QUENTE DO MARIA DOLORES
Dia: 24 de janeiro a partir das 20 h
Local: COMBOIO - JALES
Ingressos à venda com os trabalhadores ou pelo fone: 17-3632.9983

PARTICIPE DA NOSSA PROMOÇÃO BENEFICENTE

PALESTRA COM ORSON PETER CARRARA

QUEREMOS LHE CONVIDAR PARA PARTICIPAR CONOSCO DA PALESTRA QUE SERÁ PROFERIDA POR

ORSON PETER CARRARA.
LOCAL: GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES
DIA 17 DE JANEIRO - SÁBADO AS 20 HORAS
HORÁRIO: Excepcionalmente as 20 HORAS.
END: Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu - Jales-SP - fone 17-3632.9983 (Jane)

TEMA: “A DESCOBERTA INTERIOR - VOCE SENTE MEDO?”

AGRADECEMOS VOSSA PRESENÇA.

domingo, 4 de janeiro de 2009

RAZÃO E RELIGIÃO


ESTADÃO PUBLICA ARTIGO “RAZÃO E RELIGIÃO” DE MIGUEL REALE JÚNIOR.
Comemorativo dos cem anos da morte do famoso criminalista italiano Cesare Lombroso o texto deste sabado (03/01/2009) fala das experiências espíritas realizadas por Lomboso com concurso da médium Eusápia Paladino.
No ano que se inicia, comemora-se o centenário da morte do cientista e médico Cesare Lombroso, fundador da Antropologia Criminal. Lombroso foi, ao lado de Garófalo e Ferri, um dos epígonos da Escola Penal Positiva italiana, cujas ideias foram fruto do desenvolvimento das ciências naturais e da confiança nos métodos empírico-explicativos.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

JANEIRO É ANIVERSÁRIO DO ESPÍRITO IVAN DE ALBUQUERQUE

O JOVEM "AMOR".
Ivan Santos de Albuquerque nasceu em Brotas, Estado de São Paulo, no dia 16 de janeiro de 1918, filho de Romeu Vieira de Albuquerque e Laura Santos de Albuquerque, de uma família de quatro filhos.
O mais velho dos filhos, Ivan mostrou-se um Espírito terno, bondoso, solidário, transmitindo para todos a sua envolvência afetuosa.
Preocupava-se demais com a juventude. Onde ele podia, levava sua palavra, sua mensagem para que a juventude não fumasse, não bebesse, que fosse dócil para com seus pais e digna perante a vida.
Ivan nasceu num lar espírita.
Quando Ivan e Cyro já se encontravam no quarto ano do curso ginasial, o Sr. Romeu, seu pai, teve que enfrentar seríssimo contratempo econômico, ficando impossibilitado até mesmo de manter no estudo os dois filhos.
Ivan tomou a iniciativa de, sendo o mais velho, renunciar aos seus estudos, em favor do irmão. Ivan começou, então, a trabalhar como enfermeiro, no Hospital Esperança, em São Paulo, na Rua dos Ingleses, ali, Ivan conseguia os recursos necessários para sua subsistência e enviava para o irmão, Cyro, então em Piracicaba, parte dos seus vencimentos, a fim de que ele pudesse concluir seu curso na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.
Além de Cairbar Schutel, foi muito amigo do prof. José Herculano Pires de pessoas como Dr. Costa Neto (diretor de Departamento de uma das Secretarias de Estado do Estado de São Paulo), Dr. Júlio Prestes, D. Benedita Fernandes (abnegada e veneranda lidadora do Movimento Espírita na região de Araçatuba) e Jésus Gonçalves (notável trabalhador da Seara Espírita, marcado pela hanseníase, que muito atuou junto aos seus irmãos de infortúnio) estiveram banhados pela enternecida e cara amizade de Ivan de Albuquerque.
Era alguém que fazia amigos com muita facilidade, apesar de ser uma pessoa diferente. Adaptava-se às necessidades e possibilidades das pessoas que com ele conviviam. Sentia imensa alegria em estar no meio dos pequeninos, dos sofredores, dos enfermos, dos que necessitavam dele e, com isso, ele fez muitas amizades.
Junto aos irmãos portadores da hanseníase, Ivan era simplesmente maravilhoso. Domingo sim, domingo não, dedicava-se a visitar os doentes. Freqüentava o Sanatório de Pirapitingüi, onde costumava almoçar com os internados, fazendo limpeza nas feridas daqueles pobres orações. O diretor do Sanatório, amigo da família, Dr. Francisco Arantes, conversava com o seu pai, dizendo: "Seu Romeu, seu filho não pode fazer o que ele faz. Almoçar com os doentes, beber água do mesmo copo... Afinal de contas, o Sr. tem uma família, tem filhas. Não desejo proibir a entrada dele lá, mas ele não pode continuar fazendo essas coisas. Dizia-lhe o pai "- Meu filho, não faça isso. Você não pode fazer o que faz lá, no Sanatório. Lembre-se que você tem uma família, tem irmãs... "-Papai, não há perigo nenhum! Nós todos temos as nossas provas. O que tivermos que passar, ninguém passará por nós. E, nesta reencarnação, eu sei que não vou ser atingido por essa doença, nem vou transmiti-la a ninguém de minha casa."
O jovem Ivan de Albuquerque era pessoa que tinha piedade de todo mundo. Se tinha dois ternos, doava um. O que detinha, gostava de passar às mãos do seu próximo.
Era o dia 5 de abril... Empreendendo viagem de trem, quando estando nas proximidades de Pompéia, entre Marilia e Tupan, dirigiu-se ao último vagão, com um movimento de flexão desse último vagão, Ivan, já à sua porta, perdeu o equilíbrio do corpo e caiu, batendo, ao que se supõe, no barranco da margem, tombando, em seguida, sem sentidos, sobre os trilhos...e uma outra composição tendo, então, passado por cima do corpo. Desprendido do corpo, em razão do desmaio que sofrera, foi retirado dali, pelos Emissários da Luz, seus Amigos e inspiradores, a fim de que não se aturdisse com as cenas, naturalmente fortes, que se desenrolariam com o passar do trem sobre o fardo imobilizado, do qual se despedia o impoluto servidor de Jesus.
Foi por intermédio da Sra. Laurinha de Albuquerque, mãe de Ivan, que era médium escrevente, que, aproximadamente trinta dias após o acontecimento, adveio uma comunicação do filho sempre amado.
Com seu trabalho incansável e com sua disposição de servir e crescer para o Cristo, deixa-nos, o notável Apóstolo do Bem, incontáveis e fulgurantes exemplos com os quais a Juventude destes dias e a porvindoura encontrarão roteiro e apoio para a real conquista da paz, multiplicando as ações do Mestre Nazareno pelo mundo, sem temores, sem entrega aos torpores das paixões infelizes, avançando sempre para o Grande Amanhã.
Adelvair David (site da Federação Espírita do Paraná)