segunda-feira, 24 de novembro de 2008

REFLEXÕES

DESEJO SEGURO
(1) Não basta que dos lábios gotejem leite e mel; se o coração nada tem com isso”(...)
Emergindo das entranhas do Ser, o desejo é força que mobiliza o espírito para a ação.
Atraído pelas inebriantes sensações dos sentidos, lamentam alguns as enrascadas ou problemas por onde se embrenharam, atendendo ao infrene desejo do prazer, mesmo que fugidio, que parecia ser impossível resistir.
O conteúdo emocional de cada pessoa está estruturado nos Seus sentimentos; se elevados e nobres, ações ponderadas e equilibradas; se inferiores, ações comprometedoras de graves conseqüências.
Parecer não é “ser”. Acreditar no personagem criado é cair na própria armadilha. Aquele que “é”, o será sob qualquer circunstância, sem esforço agirá com a energia do sentimento que lhe rege a vida. Aparentar bondade fazendo-lhe apologia é perigosa viagem; é descida em encosta lodosa quase sem possibilidade de retorno. Convites ou comportamentos podem parecer simples a princípio, ganho fácil, experiência tentadora, sucesso sem esforço, projeção pública imediata...
Uma vida construída sobre o frisson das emoções e ao abrigo dos desejos pode ruir a qualquer momento; ganhar sob tais circunstâncias é trocar em determinados aspectos a segurança na simplicidade para viver o resto da vida na amargura. A deserção dos princípios melhores não vale o pódio sedutor. Edificar sem engano, só sobre a rocha da dignidade para consigo e com os outros, única que resistirá aos naturais desafios e intempéries da existência. Melhor atender ao conselho do Mestre Nazareno: “todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha”...).
Para assegurar-se contra os equívocos dos desejos, convém buscar-Lhe os ensinamentos, rota inequívoca para quem quer chegar a lugar seguro, a salvo das derrocadas morais e materiais.
O desejo seguro é aquele disciplinado pela reta moral e pela razão.
SÓ HÁ DESCANSO NA PAZ DA CONSCIÊNCIA.
(1)O Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap. 09, item 06)
Adelvair David

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

REPORTABEM DE 1h30m SOBRE BEZERRA NO SUPERPOP DIA 18/11/08

Fox para você Exibidor
Olá David,

Mesmo após 12 semanas em cartaz, o filme BEZERRA DE MENEZES - O DIÁRIO DE UM ESPÍRITO continua se mostrando sólido nas bilheterias e também como tema para discussão nos veículos de comunicação.Uma prova disso foi o programa Super Pop de ontem da Rede TV que falou por uma hora e meia sobre o filme e temas relacionados. As estimativas são de que 2 milhões de telespectadores viram o programa! Um dos melhores resultados do programa.Obrigado pela colaboração de todos para fazer desse filme um sucesso e continuamos contando com sua parceria, pois o filme pode ainda trazer mais bons resultados.att,Fox Film do Brasil
© Fox Film do Brasil 2008 - Todos os direitos reservados.

PALESTRA COM WANIR CACCIA

TEMOS O IMENSO PRAZER DE CONVIDÁ-LO PARA UMA PALESTRA MUSICADA
com WANIR CACCIA
Será no dia 23 de novembro as 19:30h no Maria Dolores
Rua 19 nº 769, Bairro São Judas Tadeu - Jales,SP

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

DELICIOSO JANTAR

JANTAR BENEFICENTE NO MARIA DOLORES
Convidamos a todos para o último Jantar deste ano.
Será no dia 29 de novembro as 20h30min
Prato: Pernil fatiado, creme de palmito, arroz branco, salpicão, fafora com frutas
VENHA PARTICIPAR CONOSCO
convites com os trabalhadores da casa
Informação pelo fone: 17- 3632.9983 (Jane e Paulo)

terça-feira, 11 de novembro de 2008

REFLEXÕES

IMPRESSÕES
Lidamos com uma gama imensa de sentimentos no decorrer da nossa vida.
Alguns desses sentimentos são vivenciados sem que tenhamos consciência deles; o automatismo estruturou o hábito e este encadeia a conduta, que os anos testemunham sem a real percepção do seu valor, se positivo ou negativo.
Devido à maioria dos sentimentos não serem claros para nós, carregamos por onde andamos algumas impressões apenas, traduzindo um conceito qualquer que passamos a ter de nós mesmos.
Muitas vezes não nos importamos com o que parecemos ser para os outros, porém, as suas observações nos colocam diante de nós mesmos para auto-avaliação, disse Jesus à mulher: “ninguém te condenou”?
Ao longo do caminho existencial, aterrorizados ou motivados, dependendo da força das impressões que têm de si mesmo, o espírito humano é convidado, em cada atividade que desenvolve, a avaliar sentimentos, abrindo-se a possibilidade do aprimoramento destes, porém, quando isto não ocorre, os mecanismos perfeitos das leis de Deus entram em ação, revelando-lhe “quem é”; afinal, não se pode fugir de si mesmo para sempre.
Pelos esforços que faz para melhorar-se, as impressões vão deixando de existir e sendo substituídas por sentimentos verdadeiros, absolutamente necessários às realizações almejadas. Quanto mais sabemos de nós, mais chances teremos de mudar para ser feliz, independentemente da forma como somos vistos, amados, admirados ou detestados.
Diz o espírito Emmanuel: Somos o que as nossas ações exemplificam; para agir é preciso sentir o bem.
NÃO TENHA IMPRESSÕES, SEJA PLENO NA BUSCA O AMOR.
Adelvair David

terça-feira, 4 de novembro de 2008

DIVALDO FRANCO E PLINIO OLIVEIRA

ESTARÁ SENDO LANÇADO POR DIVALDO FRANCO E PLINIO OLIVEIRA O CDBook, OS CAMINHOS DO AMOR NESTE DIA 04 DE NOVEMBRO EM BEBEDOURO-SP.