quarta-feira, 19 de março de 2008

O AMOR


O amor não se apega, não sofre a falta, mas frui sempre, porque vive no íntimo do ser e não das gratifi­cações que o amado oferece.
O amor deve ser sempre o ponto de partida de to­das as aspirações e a etapa final de todos os anelos hu­manos.
O clímax do amor se encontra naquele sentimento que Jesus ofereceu à Humanidade e prossegue doan­do, na Sua condição de Amante não amado.


Mensagem do Espírito: Joanna de Angelis.







Um comentário:

Patricia disse...

que um dia possamos sentir o verdadeiro amor que jesus exemplificou a mais de 2000 anos pois não é nada facil sentir esse amor,como diz joanna de ângeles, na condição de amante e não amado....